Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Festival Porta-Jazz oferece 30 concertos à cidade para desfrutar de 1 a 9 dezembro
13-11-2018
De 1 a 9 de dezembro, o Porto é palco de nova edição do Festival Porta-Jazz cuja programação conta com cerca de 30 concertos, entre estreias e parcerias artísticas inéditas. Há também um encontro de escolas, oficinas e jam sessions, numa iniciativa que se assume como promotora de intercâmbios entre músicos de Jazz.

Da programação desta 9.ª edição, destaque para as parcerias inéditas do contrabaixista Thomas Morgan com Marcos Cavaleiro; o saxofonista Chris Cheek com o quarteto MAP, liderado por Paulo Gomes; o baterista Jeff Williams com Demian Cabaud em "Astah", e o quarteto de Gonçalo Marques; e Eliot Zigmund (baterista que gravou com Bill Evans) com Manel Fortià e Carlos Azevedo.

Ao longo de nove dias, o Teatro Rivoli, a Casa da Música, a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, o Cinema Passos Manuel, a Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo, o Hot Five, a Casa de Ló e a Sala Porta-Jazz vão receber mais de uma centena de músicos e dezenas de estudantes de música, portugueses e estrangeiros.

Pela primeira vez, a Igreja de Cedofeita torna-se, também, palco do Festival Porta-Jazz com o concerto a cargo do trio de Susana Santos Silva, Torbjörn Zetterberg e Hampus Lindwall, que vai tocar no órgão de tubos construído por Th. Kuhn.

Entre a geração de artistas emergentes, compositores e intérpretes consagrados, destaca-se o trabalho original realizado por músicos sediados no Porto e suas parcerias com músicos de outros pontos do país e estrangeiro.

O público poderá, ainda, desfrutar das sessões do Clubedo, onde diariamente, após os concertos nos auditórios, se vai reviver o ambiente dos clubes que programam habitualmente Jazz na cidade. Nestas sessões haverá concertos exclusivos, trios informais de jazz e jam sessions abertas à comunidade de músicos que fazem soar a criatividade e a dinâmica do jazz do Porto.

Recorde-se que o Festival Porta-Jazz acontece anualmente desde 2010 e cumpre um papel importante na vida cultural da cidade, tendo-se tornado uma referência incontornável para o jazz em Portugal. É organizado pela Associação Porta-Jazz, que se tem vindo a afirmar como uma das grandes plataformas de incentivo à criação e divulgação de jazz em Portugal.