Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Festival francês recorda Paulo Cunha e Silva e destaca cultura do Porto
30-07-2016

A cultura do Porto é o tema do festival Échappée Estivale, que decorre em Chauvigny, França, desde hoje e até dia 11. Paulo Cunha e Silva, ex-vereador da cultura, será homenageado. Literatura, cinema e gastronomia portugueses estarão representados na 3.ª edição do festival.


L'échappée estivale, é organizado por Sylviane Sambor, da editora La Nouvelle Escampette; por Véronique Chaine, da associação Amis des Éditions L'Escampette; e ainda por Julie Bernard Le Bec, co-presidente, com Sambor, da recém-criada Lire, Vivre & Goûter. Este sábado, a associação inaugurará a Casa da Leitura e dos Sabores (na rue des Rampes, nº 5), um novo espaço na cidade medieval de Chauvigny, que acolherá encontros literários, conferências, debates e exposições, mas também degustações gastronómicas.


Manuel António Pina e Vasco Graça Moura são dois dos escritores portuenses recordados, além de Paulo Cunha e Silva, que será homenageado. O vereador escolhido por Rui Moreira para liderar o pelouro da cultura da cidade do Porto em 2013, faleceu em novembro de 2015.


Não é a primeira vez que Paulo Cunha e Silva é distinguido e reconhecido pelos franceses. Menos de um mês antes da sua morte, o estado francês atribui-lhe as insígnias de Cavaleiro da Ordem das Artes e das Letras, numa cerimónia que decorreu nos Paços do Concelho do Porto. Este título de promoção de personalidades estrangeiras é uma das principais distinções de entre as quatro ordens ministeriais da república francesa.