Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Festa da passagem de ano corre melhor se optar pelos transportes públicos e os parques periféricos
30-12-2019
O Porto tem preparado um Plano de Mobilidade especial para assegurar que tudo corra da melhor maneira na festa de passagem de ano, a que até as condições atmosféricas parecem ir ajudar. Há condicionamentos de trânsito para facilitar a circulação do público na zona central da cidade; condições especiais nos parques de estacionamento periféricos e articulação com o Andante; reforço da oferta dos transportes públicos. Tudo para que a celebração se faça em grande e possa divertir-se com os espetáculos e surpresas que a cidade tem para si.

À semelhança de anos anteriores, a circulação automóvel e o estacionamento têm vindo a sofrer condicionamentos desde o início da quadra natalícia, variáveis consoante o programa de animação e o local onde este se desenrola em cada altura. Por isso, também nesta viragem de 2019 para 2020 algumas zonas da cidade estarão vedadas aos automóveis, por razões de segurança e para maior conforto e facilidade de acesso do público, a partir das 21 horas e até às 5 horas do dia 1, conforme se pode ver no Plano de Mobilidade (a zona a vermelho).

STCP

Assim, a opção pelo transporte público leva também os operadores a reforçar a sua oferta. Desde logo, a STCP sobrepõe a Rede Noturna com a Rede da Madrugada, disponibilizando frequências que variam entre os 15 e os 30 minutos nos períodos e eixos de maior procura, o que em algumas linhas equivale a quadruplicar a oferta. Também estarão em circulação as viaturas articuladas, que são as de maior capacidade que a empresa dispõe.

Este reforço assenta, essencialmente, nos eixos principais de acesso ao centro da cidade através da Rede da Madrugada, que inicia mais cedo, pelas 21 horas, em sobreposição com o serviço noturno, funcionando até cerca das 5h50 do dia 1 de janeiro e garantindo deslocações a todos os concelhos onde a STCP tem operação (Porto, Gaia, Gondomar, Maia, Matosinhos e Valongo). Para disponibilizar serviço direto a Gondomar, a Linha 800 (Bolhão-Gondomar) irá operar durante toda a madrugada.

Além disso, as linhas com passagem habitual pelos Aliados sofrem, obviamente, alterações nas paragens de término e de início de viagem.

No dia 1, a STCP retoma os horários habituais de domingos e feriados.

Consulte a operação da STCP a partir desta ligação.

Metro

Por seu lado, o Metro do Porto reforça a operação a partir das 22 horas do último dia do ano, nomeadamente com duas unidades nas linhas Azul (A), Vermelha (B), Verde (C), Amarela (D) e Laranja (F), ou seja, duplicando a capacidade. E incrementa também as respetivas frequências.

Os reforços prolongam-se pela madrugada, uma vez que o Metro funcionará em contínuo sem interrupções (excepto na Linha Violeta - E, que encerra à 1h00, como é hábito), na noite de passagem do ano.

A operação com composições duplas mantém-se na esmagadora maioria das linhas até às 6 horas da manhã, altura em que o Metro retoma horários e frequências normais de um dia feriado.

As alterações da operação do Metro, que vão registar-se também na Linha Verde, no centro da Maia, podem ser consultadas nesta ligação.

CP

A CP disponibilizou uma tarifa especial de 2 euros para bilhete de ida e volta nos comboios urbanos. Estas condições são válidas apenas para bilhetes comprados até ao final do dia de hoje (30 de dezembro) e utilizados no dia 31 de dezembro e 1 de janeiro. 
Veja os pormenores AQUI.

Estacionamento

A utilização preferencial dos transportes públicos surge, mais uma vez, associada a condições especiais em parques de estacionamento periféricos, por forma a que todos possam na mesma chegar ao centro da festa.

Assim, nos parques do Campo Alegre (497 lugares) e da Casa da Música (644 lugares) será possível estacionar o carro por 0,95 euros durante um período de 12 horas e apanhar o Metro ou um autocarro da STCP que circule até à Baixa, com validação do título de transporte Andante.

No Parque do Dragão (850 lugares), a situação é semelhante mas a tarifa articulada com o Andante é de 1,20 euros pelo período de 24 horas.

Já no parque do Campo 24 de Agosto, a tarifa é de 5 euros por 12 horas, neste caso sem necessidade de validar o Andante, mas com pagamento obrigatório à chegada.

Planeie as suas deslocações, adquira ou carregue antecipadamente os Andantes se for caso disso e consulte o Plano de Mobilidade para que possa divertir-se e ter uma passagem de ano em grande.