Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Início do Fórum do Futuro
03-11-2015

O festival inicia-se está quarta-feira, 4 de novembro, às 21,30 horas no Teatro Municipal Rivoli, com John C. Mather, nome maior na agência espacial NASA e cuja investigação no domínio da origem do cosmos lhe mereceu o Prémio Nobel da Física em 2006. Uma conferência que falará da luz como ponto de partida para a vida no universo. Um início simbólico que assinala também o Ano Internacional da Luz. Na abertura oficial do Fórum, intervirão também os responsáveis dos vários parceiros deste evento: Câmara Municipal, Universidade do Porto, Serralves, Casa da Música e Teatro Nacional de S. João.

 

Apesar da abertura oficial se realizar às 21,30 horas, a primeira sessão do fórum ocorre às 18,30 horas, no auditório de Serralves, com um dos mais influentes fotógrafos contemporâneos, Wolfgang Tillmans, e a diretora do Museu Suzanne Cotter, sobre o tema "A Felicidade sem título".

 

A Felicidade - tema central a todas as perplexidades da condição humana - é o destaque que tem atravessado a diversa programação da cidade este ano. Quais as barreiras que se colocam à felicidade - e como poderemos ultrapassá-las no contexto social e cultural contemporâneo -, quando somos levados a acreditar na dificuldade em se ser feliz, hoje? São respostas a estas questões que trazem ao Fórum do Futuro 2015 interlocutores dos diferentes domínios da ciência, do pensamento, da política, da arte e da sociedade.

 

Na área das Ciências, para além da conferência de abertura com o prémio nobel John C. Mather, acompanhado pelos cientistas portugueses Orfeu Bertolami e Carlos Fiolhais, oportunidade para conhecer os mecanismos de "O Sensor da felicidade", uma aplicação que tem como objetivo mapear a felicidade dos cidadãos (com Ana Aguiar e Filipe Araújo), a avaliação termográfica da felicidade (com Afonso Pinhão Ferreira, Joaquim Gabriel Mendes, Miguel Pais Clemente e performance da violinista Ianina Khemlik) e a busca pela felicidade através da política, da ciência e da fé (com Alexandre Quintanilha, P. Alselmo Borges e Paulo Rangel).

 

Informação completa no site: forumofthefuture.com