Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Feira do Livro garante grandes eventos e muita animação no fim de semana
20-09-2019
Os três últimos dias da Feira do Livro cumprem a tradição do certame com muita animação, que foi já transferida para a Biblioteca devido à previsão de chuva para sábado, e com fortes propostas do programa cultural desde hoje até final de domingo.

Se até a chuva é uma tradição na Feira do Livro do Porto, as previsões meteorológicas não desmoralizam a organização, que transferiu para o interior da Biblioteca Municipal Almeida Garrett (ali mesmo, nos Jardins do Palácio de Cristal) muitas das atividades infantis e de animação que estavam previstas para o exterior.

Espetáculos de teatro, leituras animadas, conversas à volta dos livros, oficinas criativas, de ilustração e de trabalhos manuais são algumas das iniciativas de acesso gratuito que vão cruzar-se com a exposição de ilustrações de António Jorge Gonçalves "Heroínas de histórias improváveis" ali patente.

Entretanto, o programa cultural comissariado por Nuno Artur Silva prossegue com uma conversa entre o próprio e o escritor residente da Feira do Livro 2019, Nuno Costa Santos, às 19 horas desta sexta-feira, durante a qual será distribuído gratuitamente ao público presente o conto que foi escrevendo durante a Feira. E a noite é preenchida com André Neves, mais conhecido como Maze no meio da cultura hip hop, na sessão de spoken word que tem início pelas 21,30 horas.



No fim de semana, o escritor açoriano Onésimo Teotónio de Almeida dá uma Lição sobre a Epopeia de há cinco séculos e o Professor italiano de Literatura Portuguesa Roberto Francavilla, apontado como o substituto de Antonio Tabucchi, aprofunda uma visão de Portugal pelos olhos de um estrangeiro.

Um debate sobre a Europa com Viriato Soromenho Marques, Miguel Poiares Maduro e Bernardo Pires de Lima, com moderação por Daniel Deusdado, e outro de Boaventura Sousa Santos com Hugo Gilberto a propósito da globalização e das relações internacionais integram a programação deste fim de semana, que inclui também uma perspetiva humorística sobre a Europa pelo cartunista d' "A criada malcriada", Hugno van der Ding e o lançamento da biografia de Manoel de Oliveira escrita por Paulo José Miranda.

Há ainda o regresso objetivo ao homenageado desta edição, Eduardo Lourenço, com uma conversa de Maria Filomena Molder com Anabela Mota Ribeiro, terminando o certame com o encerramento do ciclo de cinema e a exibição do filme "A eternidade e um dia" (Theo Angelopoulos), que será apresentado por Francisca Camelo.

Veja todos os pormenores no Jornal da Feira do Livro e na programação do Salão Independente, consultando o site oficial e acompanhando a página no Facebook.