Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Exposições Salut au Monde! inauguram espaço de fotografia contemporânea
22-02-2019
Macondo, o mítico local criado por Gabriel García Márquez em "Cem anos de solidão", é o tema da exposição que inaugura, neste sábado, um novo espaço do Porto dedicado à fotografia contemporânea.

Chama-se SP620 (Rua de Santos Pousada, 629) e abre as portas pelas 14 horas para o curador espanhol Pablo Berástegui, recentemente instalado no Porto, apresentar "Salut au Monde!", o seu "projeto enraizado na cidade e nas pessoas" e que pretende homenagear o poeta Walt Whitman (1819-1892).

A primeira das quatros exposições anuais está focada em Macondo e consta de uma seleção de mais de 30 imagens tiradas do photobook Zurumbático pelo fotógrafo venezuelano Luis Cobelo. "Uma viagem sem fim ao lugar onde nasceu a maior obra literária do escritor colombiano Gabriel García Márquez", aponta o próprio fotógrafo.

Seguir-se-ão, também neste ano, exposições que "permitirão viajar pelo planeta, assim como pelos versos de Walt Whitman (cujo bicentenário se celebra), mostrando-nos como é a vida em lugares tão distantes como os desertos da Califórnia, os vales indianos perto dos Himalaias ou as terras frias do extremo norte da Rússia", avança por seu lado Pablo Berástegui.

O curador acrescenta que, paralelamente, o projeto "Salut au Monde!" quer oferecer alternativas ao modelo tradicional de galeria de arte e propor novas formas de se relacionar com artistas e com o público. Um dos exemplos é a possibilidade de edições especiais economicamente mais acessíveis para novos públicos que desejem começar uma coleção de fotografia.  

Outro objetivo é trabalhar para promover a compreensão do contexto de trabalho através de várias atividades, como uma pequena biblioteca que acompanha cada exposição (em colaboração com a Livros Inc) ou acordos com universidades e escolas da cidade.

No total, "Salut au Monde!" far-se-á de 13 exposições, o mesmo número de secções do poema homónimo de Walt Whitman, focando a programação em refletir sobre a alteridade, em pesquisar quem são os Outros hoje e, ao mesmo tempo, em celebrar a diversidade através de obras de autores emergentes de diferentes partes do mundo, de latitudes e longitudes tão distantes quanto as aproximações à linguagem fotográfica, que é o denominador comum a todas elas.

//
Espaço SP620
Rua de Santos Pousada 620
De 3.ª a sábado, entre as 14 e as 19 horas
Entrada livre