Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Exposição sobre a vida e a obra de Leonardo da Vinci inaugurada hoje no Porto
31-03-2017

Depois de já ter passado por várias cidades da Europa, pelos Estados Unidos, pela América do Sul e também pela Ásia, a exposição itinerante "Leonardo da Vinci - As invenções do génio" chega agora ao Porto, mais concretamente ao Edifício da Alfândega, onde vai estar patente até ao próximo dia 31 de julho. 


A exposição, que reúne 64 réplicas de máquinas e engenhos, bem como representações de obras, desenhos e outros protótipos inventados por Leonardo da Vinci, foi inaugurada esta sexta-feira, ao final desta manhã, numa cerimónia que juntou, além dpresidente da Associação para o Museu dos Transportes e Comunicações, Mário Ferreira, e da diretora da exposição, Paula Vaz Dias Ferreira, o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, o arquiteto Eduardo de Souto Moura, comissário da exposição, assim como o Reitor da Universidade do Porto, Sebastião Feyo de Azevedo, e a presidente do Politécnico do Porto, Rosário Gamboa - que, juntamente com Sobrinho Simões, integra a comissão científica da exposição.

 

De acordo com a diretora da exposição, Paula Paz Dias Ferreira, "o propósito desta exposição é despertar a curiosidade, o engenho e o espírito de inovação dos visitantes, que vão ser confrontados com a criatividade de um dos maiores génios da humanidade".

 

Recorde-se que, além de artista plástico, Leonardo Da Vinci foi também um inventor prolífico. Ao longo dos seus 67 anos de vida, concebeu instrumentos musicais, bombas hidráulicas, canhões, pontes e um sem número de máquinas voadoras.

 

A exposição é, pois, um percurso sobre a vida e obra de um dos maiores génios da inovação, da criatividade, da ciência e da tecnologia de todos os tempos, desenvolvida em nove áreas temáticas, que vão desde o renascimento, à pintura, música, anatomia e máquinas de voos, passando ainda pelos estudos de engenharia militar e do urbanismo.

 



Antecipando, desde já, o sucesso da exposição, Rui Moreira afirmou que esta iniciativa "terá um impacto muito importante, quer na cultura, quer na formação e educação dos nossos jovens, que vão poder aqui compreender melhor o que é o génio e o espírito de Leonardo da Vinci, um homem da arte, da cultura, mas também da ciência da experimentação".


A mostra que tem corrido Mundo é comissariada no Porto pelo arquiteto Eduardo de Sousa Moura, que se mostrou "muito feliz pelo convite" e pelo espaço escolhido para a apresentar. "Esta sala, quase medieval, de transição renascentista, nunca teve uma exposição tão adequada. Quase que foi feita por Leonardo".


"Leonardo Da Vinci: As Invenções do Génio" vai estar patente ao público, até 31 de  julho, na Alfândega do Porto. Bilhetes e mais informações aqui.