Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Executivo aprova todos os assuntos da reunião de Câmara por unanimidade
09-04-2019

Todos os pontos da ordem de trabalhos da reunião de Executivo Municipal, realizada na manhã desta terça-feira, foram aprovados por unanimidade. Como referiu Rui Moreira durante a sessão, "há certos assuntos em que é essencial gerar consensos", mas efetivamente o facto dos 13 elementos do Executivo manifestarem acordo nas 13 propostas que foram votadas configura um caso excecional.


A pluralidade de opiniões e as visões ideológicas de cada partido representado no Executivo municipal - Movimento Independente, PS, PSD e CDU - não deixam, inevitavelmente, de aflorar em cada debate, mas na reunião de Câmara desta terça-feira tal não foi impeditivo de que todas as forças políticas votassem favoravelmente as propostas a discussão.

Temas cruciais como o projeto da Operação de Reabilitação Urbana (ORU) da Corujeira/Campanhã, elucidativo da prioridade que este Executivo estabeleceu para o desenvolvimento da zona oriental da cidade, configuram apenas um dos exemplos em que todos os vereadores estiveram de acordo.

A excecionalidade do ocorrido não passou despercebida ao presidente da Câmara do Porto que, no final da reunião, salientou "a aprovação por unanimidade" de todos os assuntos. Na mesma sessão, o autarca decidiu retirar a proposta de protocolo com o Conselho Português para a Paz e Cooperação, precisamente por não ter sido alcançado um consenso relativamente à matéria.

À 37.ª reunião de Executivo municipal do segundo mandato de Rui Moreira, é assim alcançado um facto inédito, que só não é mais vezes contabilizado porque basta haver abstenções em determinado ponto da ordem de trabalhos para que as aprovações sejam contabilizadas por maioria e não por unanimidade.