Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Este ano o Festival Trengo dá lugar a um ciclo dedicado às artes circenses
02-07-2020

Este ano, a cidade não vai receber o Festival Trengo como era já habitual, no entanto há uma proposta reservada para os meses de agosto e setembro.


Após o atual panorama de pandemia ter obrigado ao cancelamento da quinta edição do Trengo - Festival de Circo do Porto, que se deveria realizar entre os dias 1 e 5 de julho, a companhia Erva Daninha e a empresa municipal Ágora - Cultura e Desporto juntaram esforços para encontrar uma alternativa que pudesse continuar a oferecer mais um momento de circo à cidade.

Desta forma, e para substituir o Festival Trengo, surgiu um ciclo chamado Trengolas, que vai reunir cerca de 20 apresentações de vários espetáculos dedicados às artes circenses e que estará integrado também na Feira do Livro do Porto e na programação do Teatro Municipal da cidade.

As apresentações vão contar com a participação de mais de 40 artistas e técnicos residentes em território nacional, permitindo a estes profissionais ter um reinício da atividade, após a paragem forçada.

A iniciativa Trengolas acontece entre os dias 28 de agosto e 19 de setembro e as sessões decorrem em três espaços icónicos da cidade: Parque de São Roque, Jardins do Palácio de Cristal e Praça de D. João I.

O Festival Trengo, realizado no Porto desde 2016, tem apresentado anualmente vários espetáculos de circo contemporâneo em espaço público e interior.

Toda a sua programação é fortemente direcionada para as novas linguagens do circo, mantendo uma relação muito próxima com criadores nacionais.

Com o objetivo de trazer à cidade novas propostas na área do circo, o evento procura criar uma relação de proximidade com o público, num ambiente descontraído e familiar.

Ao longo de quatro edições, o festival contou já com a presença de mais de duas centenas de artistas oriundos de vários países, apresentando mais de 50 espetáculos, dos quais 19 foram estreias nacionais.

O Trengo é um projeto da companhia Erva Daninha, em coprodução com a Câmara Municipal, através da Ágora e do Teatro Municipal do Porto, e conta ainda com o apoio da Direção Geral das Artes.