Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Esqueçam a Micas porque chegou o Dom Sebastião
25-01-2017

O subsolo do Porto voltou a ser perfurado esta semana. 16 anos depois da Micas ter andado por baixo dos pés dos portuenses a abrir caminho para a Metro do Porto, chegou o Dom Sebastião, nome dado pelos técnicos que operam a nova mini-tuneladora que está a criar um novo leito para um curso de água subterrâneo que passa por baixo do Mercado do Bolhão. A obra insere-se nas de restauro e modernização daquele mercado, que se iniciam, no edifício, em meados deste ano.


O nevoeiro típico da noite portuense justifica o nome de batismo que os técnicos lhe deram, mas, na verdade, Dom Sebastião não veio de Alcácer Quibir mas de Espanha. Diferença, este Dom Sebastião chegou. Como o outro, era muito esperado.


O Porto.pt testemunhou os primeiros centímetros perfurados pela tuneladora e para tal foi necessário do fotógrafo e operador de imagem mergulhar na Rua de Sá da Bandeira, onde andará nas próximas semanas.




A operação é realizada com um rigor absoluto e acompanhada por topógrafos que parametrizam ao milímetro a intervenção. No final, estará criado um novo caminho para o curso de água que justificou o nome da zona, "Bolhão" e que também ajudou a criar tantos problemas de estabilidade ao edifício que agora vai ser, ao fim de mais de 30 anos de promessas, intervencionado.