Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Especialistas nacionais e estrangeiros debatem no Porto a importância do património desportivo
24-10-2018
Oradores e especialistas de várias instituições museológicas, académicas e desportivas portuguesas e estrangeiras encontram-se no Porto para debater, nesta sexta-feira, a importância do património desportivo.

Numa organização do Museu FC Porto, a conferência internacional "Sports Heritage Collection" conta com representantes da Universidade Católica, dos museus nacionais de futebol da Alemanha e de Inglaterra, do FC Barcelona ou do Liverpool FC, entre outros, para analisar e discutir temáticas ligadas à História e que vão desde o estudo das coleções à partilha da memória.

De participação sujeita a inscrição prévia e à lotação da sala, a conferência constitui uma oportunidade para os especialistas cruzarem conhecimento e ideias sobre o lugar do Desporto no património coletivo, numa altura em que o anfitrião FC Porto celebra os 125 anos da sua fundação e o 5.º aniversário do Museu FC Porto.

Este evento, organizado em parceria com a 20|21 - Conservação e Restauro, é descritivo do posicionamento dinâmico do museu portista face à difusão de um campo da História para o qual concorrem, cada vez mais, os interesses de instituições e especialistas de referência, atraídos pelo estudo e pela divulgação desta área específica da memória comum.

Ao longo do dia de sexta-feira, com a participação de Carla Felizardo (Centro de Conservação e Restauro da Universidade Católica), Tim Desmond (Museu Nacional de Futebol de Inglaterra), Malte Von Pidoll (Museu de Futebol da Alemanha), Jordi Penas i Babot (Museu Barcelona/FC Barcelona), Stephen Done (Liverpool Story /Liverpool FC) e Susan Rees (Qatar Olympic and Sports Museum), entre muitos outros convidados, a conferência "Sports Heritage Collections" vai reforçar o reconhecimento do Museu FC Porto como instituição de caráter privado que cumpre uma função pública na preservação, partilha e discussão da memória desportiva.

Com cinco anos de atividade, o Museu FC Porto é membro da Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas (UNTWO), da Associação Portuguesa de Museologia (APOM) e do Conselho Internacional de Museus (ICOM).