Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Especialistas internacionais debateram a importância das infraestruturas verdes
29-05-2018
O futuro das cidades e a importância das designadas NBS (Nature based Solutions - Soluções baseadas na Natureza) estiveram em destaque na primeira Conferência Internacional de Infraestruturas Verdes (IGIC Porto 2018), que trouxe ao Porto grandes especialistas da área. 

Uma organização da Associação Nacional de Coberturas Verdes (ANCV) e Câmara do Porto, o encontro contou com os contributos do presidente da EFB (European Federation of Green Roof Associations - Federação Europeia das Associações de Coberturas Verdes) Dusty Gedge; do presidente da WGIN (World Green infrastructure Network - Rede Mundial de Infraestruturas Verdes), Manfred Kholer; e do conceituado ecologista inglês Gary Grant.

Num debate centrado na construção de cidades mais humanas e sustentáveis, porque mais associadas à natureza, coube ao vereador do pelouro do Urbanismo da Câmara do Porto, Pedro Baganha, apresentar os desígnios do Município nesta área e a estratégia e iniciativas em curso para os cumprir. É o caso o Projeto Quinto Alçado, levado à conferência pelo presidente da ANCV, Paulo Palha. O projeto, pioneiro em Portugal, centra-se na investigação sobre a melhor forma de incluir coberturas verdes na estratégia ambiental da cidade.

Entre outras contribuições, é ainda de salientar a apresentação pelas investigadoras Cristina Matos Silva e Inês Teotónio, do Instituto Superior Técnico de Lisboa, de um estudo sobre o impacto económico da inclusão de coberturas verdes em Lisboa.

A conferência, que decorreu na quinta e sexta-feira na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, deu depois aos participantes a oportunidade de conhecerem o que de concreto torna já hoje o Porto uma cidade mais sustentável e com qualidade de vida, com a visita a várias infraestruturas verdes.