Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Especialistas debatem a atividade física enquanto moda ou necessidade
28-03-2019
"Atividade Física: moda ou necessidade" é o tema em debate na sessão do ciclo (H)á Conversa na FMUP, que tem lugar a partir das 17,30 horas desta quinta-feira, 28 de março, na sala 4 do Centro de Investigação Médica da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).

Com entrada livre, a tertúlia apresenta um painel composto por Daniel Pereira, psicólogo da área do desporto, Isaura Tavares, docente e investigadora na FMUP na área das neurociências, José Oliveira, diretor do curso de Doutoramento em Atividade Física e Saúde e responsável pelo Laboratório de Avaliação Funcional do Centro de Investigação em Atividade Física, Saúde e Lazer da FADEUP, Luiz Fernando Aquini,  especialista em ginástica postural, e Romeu Mendes, médico e representante da ARS Norte. A moderação fica a cargo de Rui Frias, jornalista do Diário de Notícias. 

A importância de consciencializar a população para a necessidade de realizar atividade física e diminuir o sedentarismo conduziu, em 2016, à criação do Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física (PNPAF) pela Direção-Geral da Saúde, medida que integra um dos 11 programas prioritários de saúde do Governo.

De acordo com o PNPAF, cerca de 80% da população portuguesa não pratica atividade física suficiente para seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde, sendo igualmente preocupantes as percentagens de inatividade física reveladas pelos jovens com 16/17 anos e pelas crianças com 10/11 anos: 95% e 64%, respetivamente.

O ciclo de conversas teve início em outubro de 2018 e termina em junho deste ano, decorrendo todas as tertúlias entre as 17,30 e as 19 horas no Centro de Investigação Médica da FMUP (Rua do Doutor Plácido da Costa, no polo universitário da Asprela).