Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Especialistas analisam papel da tecnologia no ecossistema financeiro
27-09-2018

"Fintech - a inovação no ecossistema financeiro" foi o tema do debate que juntou, esta semana no Museu de Serralves, vários especialistas para analisarem o papel da tecnologia na nova economia e os desafios da cibersegurança.


A sessão partiu do facto de que a utilização da tecnologia está a modificar o modo como os serviços financeiros são prestados, forçando o sistema financeiro a adaptar-se e podendo provocar ruturas definitivas nos modelos de negócio. Nesse panorama, os bancos tradicionais continuam a ter uma posição forte e as Fintech (empresas que conjugam o setor financeiro com a tecnologia) poderão não ser uma ameaça, mas antes promotoras do desenvolvimento do ecossistema financeiro.

Com efeito, a cibersegurança é uma das áreas com forte desenvolvimento ao nível tecnológico e uma forte aliada do sistema financeiro, pelo que uma das questões em análise foi o impacto da cibersegurança no desenvolvimento do ecossistema financeiro.

Tendo também em conta que a atual onda de inovação disruptiva será vista dentro de anos como tendo proporcionado serviços bancários mais seguros, transparentes, eficientes e abertos aos consumidores, empresas e outras partes envolvidas no mercado, foi igualmente debatido o papel das empresas de base tecnológica na gestão eficaz destas mudanças.

Inserida no ciclo de conferências "Desafios da nova economia na cidade", a sessão teve intervenção de abertura pelo vereador do pelouro da Economia, Turismo e Comércio da Câmara do Porto, Ricardo Valente, e contou com a participação de Jamie Woodruff, diretor da Metrix Cloud LTD e considerado um "hacker ético", que ficou conhecido por divulgar vulnerabilidades nos principais aplicativos de segurança, como Facebook, YouTube, Twitter, Apple e Google, assim como no site de Kim Kardashian.

No debate participaram ainda Manuel Bento, diretor-geral e Chief Information Security Officer da Euronext, e João Lima Pinto, CEO da ITSector, sob moderação de Rosália Amorim, diretora editorial do Dinheiro Vivo.