Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Escultura de artista romeno celebra no Porto a relação diplomática dos dois países
05-03-2018
Quem passar junto à Casa da Música tem mais um motivo de admiração: "Middle Way". É uma escultura que celebra a amizade entre a Roménia e Portugal. 

Inaugurada durante o passado fim de semana pela embaixadora romena, Ioana Bivolaru, e pelo presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, a escultura saiu das mãos e da criatividade do consagrado artista romeno Bogdan Rata, cujo trabalho gira sobretudo em torno de variações do corpo humano.

A obra anda em itinerância para assinalar as relações diplomáticas de Portugal com aquele país de onde uma vasta comunidade está radicada entre nós. Foi também em Portugal que estiveram exilados o ex-soberano romeno Carol II e o historiador e ensaísta Mircea Eliade.

A escultura de Bogdan Rata intitula-se "Middle Way" ("Caminho do Meio") e é parte integrante do projeto "Moving Monuments". Trata-se de uma obra de grandes dimensões (3,5m de altura x 1,5m x 0,6 m) que participou na Bienal de Liverpool, em 2014, e até 2016 esteve colocada junto do St. George Hall, edifício que integra o Património Mundial da UNESCO.

"Middle Way", que esteve também já na Baía de Cascais, entre março do ano passado e fevereiro último, ficará agora uma larga temporada em frente à Casa da Música, celebrando o centésimo aniversário das relações diplomáticas romeno-portuguesas.