Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Equipa do Porto está em Londres para nova fase do projeto SynchroniCity
07-02-2019

Cinco projetos nas áreas da Mobilidade, Energia, Ambiente e Envolvimento do Cidadão vão ser desenvolvidos no Porto nos próximos seis meses. Correspondem ao desafio lançado pelo projeto europeu SynchroniCity, que esta semana está a ser promovido na capital inglesa.


O Município do Porto, através da Associação Porto Digital, tem por estes dias uma equipa em Londres o arranque dos novos projetos que se juntam à SynchroniCity, iniciativa cofinanciada pela Comissão Europeia, que disponibilizou 3 milhões de euros para financiar soluções inovadoras em contexto urbano.

Na agenda da deslocação da equipa do Porto está ainda prevista a promoção de um conjunto de atividades junto de representantes de todas as cidades e empresas participantes, com o objetivo de demonstrar como as soluções digitais podem contribuir para uma cultura com foco no cidadão.

De salientar que o envolvimento da Invicta na iniciativa aconteceu desde a primeira hora, quando foi lançado a open call, em junho do ano passado. Com mais de 133 candidaturas rececionadas, provenientes de 55 cidades de 22 países, o Porto destacou-se como a segunda cidade que mais propostas captou entre as oito que promovem o projeto (as restantes são Manchester, Milão, Antuérpia, Eindhoven, Helsínquia, Santander e Carouge).

Na sequência da open call, serão apoiados 16 projetos com desdobramento em 49 projetos-piloto. O Porto conseguiu alcançar o financiamento para cinco destas novas soluções que receberão, no total, cerca de 500 mil euros.

A realização destes projetos contará com a participação de várias equipas municipais, assim como de técnicos da empresa municipal Porto Ambiente e Agência de Energia do Porto.

Conheça os cinco projetos que serão implementados no Porto:

Linc
Solução para monitorização de consumos de energia em edifícios residenciais, comerciais ou industriais, com base em leituras feitas por um dispositivo open source, o que permite interoperabilidade e integrações por terceiros. A empresa responsável tem sede na Dinamarca e a solução será também implementada em Carouge, Eindhoven e Milão.

KIMAP-CITY
Esta solução pretende remover barreiras na acessibilidade aos transportes públicos, fornecendo mapas de acessibilidade com uma aplicação que traduz informação recolhida através de uma tecnologia da empresa. É um projeto italiano e a solução será implementada também em Milão e Santander.

Neighbourly
Através da parceria de duas empresas dinamarquesas, esta solução será implementada de forma a conciliar informação sobre recolha de resíduos e produção de CO2 na cidade, permitindo conhecer a relação entre estes fatores em algumas zonas da cidade. A solução Neighbourly será também desenvolvida em Manchester, Santander e numa nova cidade que se junta ao ecossistema: Herning.

Quamtra
Uma solução desenvolvida em Espanha que permite a otimização das operações de recolha de resíduos ao monitorizar o enchimento de contentores. A solução será implementada no Porto, Carouge, na Suíça, e na cidade de Calatayud, em Espanha.

Real-time traffic data with energy savings on street lights
Um projeto promovido por uma PME suíça e uma grande empresa, que utiliza os dados de tráfego em tempo real para otimizar a iluminação e o tráfego em determinada zona de uma cidade. O projeto será também implementado em Antuérpia.