Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

EMA no Porto? As certezas e as desconfianças de Rui Moreira hoje na SIC às 19h
14-06-2017

Rui Moreira vai estar hoje na SIC Notícias, em direto, depois das 19 horas, para falar da candidatura de Portugal à sede da Agência Europeia do Medicamento (EMA). A Câmara do Porto aprovou ontem, por proposta dos vereadores do PS, a constituição de um Grupo de Trabalho para estudar uma candidatura, mas o presidente da Câmara condicionou-a a uma reversão da decisão já tomada pelo Conselho de Ministros que apenas quer candidatar Lisboa.


Cada país pode apenas candidatar uma cidade, tendo o Governo português decidido em abril candidatar Lisboa, através de uma resolução publicada a 5 de junho em Diário da República. Rui Moreira, que a 2 de maio escreveu a António Costa pedindo que considerasse o Porto como possível localização, recebeu esta semana a resposta, segunda a qual a sede da EMA, a ser em Portugal, apenas poderia ficar localizada na capital.


Rui Moreira considerou a resposta do Primeiro-Ministro centralista, já que este invoca a possível existência de uma Escola Europeia, que ainda não existe mas que, segundo António Costa, também poderá vir a ser em Lisboa.


Caso Lisboa viesse a receber a agência atualmente sediada em Londres, seria a segunda cidade da Europa a ter mais do que duas agências europeias, depois de Bruxelas, contrariando a lógica de quase todos os países europeus e violando o princípio da "dispersão geográfica", imposto por Bruxelas.


A Câmara do Porto entende que a candidatura da cidade serviria melhor os interesses de Portugal, que assim teria maiores possibilidades de vencer a disputa internacional que trava com outros 19 países.


Espanha, um dos mais fortes candidatos, apresenta Barcelona como localização, não tendo qualquer das cinco agências que existem no país em Madrid. E Itália, o outro grande favorito a receber a EMA, que emprega 900 funcionários comunitários, apresenta como solução a cidade de Milão, não havendo nenhuma agência em Roma.


Ontem, Rui Moreira disse ter do seu lado instituições como a Reitoria da Universidade do Porto, a Ordem dos Médicos, a Associação Comercial do Porto e muitas outras personalidades que têm defendido a localização a Norte, como é o caso do eurodeputado Paulo Rangel.


Esta manhã, Rui Moreira participou no Fórum TSF, onde frisou a sua posição e disse não ter qualquer garantia da parte do Primeiro-Ministro de que pode reverter a sua posição. Pelo contrário, a decisão do Governo foi comunicada, antes de ser debatida, por exemplo, no fórum que o autarca considera que seria adequado, o Portugal IN.




Hoje, o presidente da Câmara do Porto é convidado do Jornal das 7 da SIC Notícias, onde será entrevistado em direto sobre esta matéria.