Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

SRU quer captar fundos europeus
04-02-2015

A Porto Vivo, SRU - Sociedade de Reabilitação Urbana anunciou ontem que quer apostar na sustentabilidade e eficiência energética na reabilitação urbana, para aproveitar fundos comunitários.


O presidente do Conselho de Administração da Porto Vivo, Álvaro Santos, explicou aos jornalistas, conforme notícia avançada pelo jornal i, citando a Lusa, que os fundos comunitários do próximo quadro comunitário de apoio vão girar muito em torno da sustentabilidade e eficiência energética e, não havendo dinheiro diretamente para a reabilitação urbana, por via da eficiência energética é possível pagar uma parte substancial desta aposta.


"Queríamos sinalizar ao mercado que vale a pena apostar na reabilitação urbana. Os números são muito entusiasmantes e a Porto Vivo tudo fará para que prossiga esta missão de sucesso de reabilitação urbana do centro histórico e da baixa do Porto", disse, antecipando que só no primeiro mês deste ano entraram cerca de 100 pedidos de licenças.


Depois de Mouzinho/Flores e do Morro da Sé, a unidade de intervenção de Santa Clara poderá ser uma próxima candidatura a fundos comunitários com intervenção em espaço público.


Álvaro Santos adiantou também que foi aberto concurso para o arrendamento de património da SRU que já está reabilitado e cuja venda nunca foi conseguida ao longo de anos, tratando-se de oito frações, sendo seis habitacionais e duas comerciais, localizadas no Corpo da Guarda, na Rua Comércio do Porto e em Miragaia.