Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

EDP Maratona do Porto tem impacto de 12,7 milhões de euros na economia local
24-10-2019

Vários atletas de elite a nível internacional estão entre os cerca de 15 mil que vêm disputar a EDP Maratona do Porto, a 3 de novembro, cuja organização prevê que o evento tenha um impacto de quase 13 milhões de euros na economia da cidade.


A pouco mais de uma semana da competição, que tem ainda inscrições abertas, a organização deu ontem uma conferência de imprensa em que referiu o estudo da Universidade do Algarve que, tendo por base números da edição do ano passado, concluiu ter a prova um impacto de 12,7 milhões de euros na economia do Porto.


Realizado para avaliar o "Impacto da EDP Maratona do Porto 2018 na Economia do Turismo e Promoção da Cidade do Porto e Região Norte de Portugal", o trabalho dos investigadores teve em conta a enorme afluência de pessoas (atletas, equipas, patrocinadores, público, etc.) ao Porto por causa da competição, apurando que 62,6% dos visitantes nacionais vêm à cidade propositadamente para a Maratona e a estada média é duas noites. Em relação aos visitantes estrangeiros, são maioritariamente de origem europeia e 94,2% deslocam-se propositadamente para o evento, permanecendo em média 3,9 noites na cidade.


Ainda sobre o impacto económico desta maratona, que será disputada já no primeiro domingo de novembro pelas ruas do Porto, é apontado como "não esporádico ou casual" e o seu contributo, tanto para a economia do turismo como para a promoção do território, tem reflexos na competitividade turística do destino, das suas empresas e, consequentemente, no incremento da qualidade de vida das comunidades residentes.


"A realização de uma maratona é o evento mais alto na modalidade e é um prazer para o Porto receber esta prova", afirmou Catarina Araújo, vereadora da Juventude e Desporto, reconhecendo que a EDP Maratona do Porto é um dos maiores eventos no calendário desportivo da cidade e que vai para além da sua vertente competitiva, envolvendo os três municípios da Frente Atlântica (Porto, Gaia e Matosinhos) numa sinergia única.




Paralelamente, Tiago Teixeira, da Runporto (que organiza a prova), recordou que a EDP Maratona do Porto reúne três das maiores e melhores chancelas do mundo: a Bronze Label Road Race pela International Association of Athletics Federations (IAAF), uma distinção que a coloca como uma das melhores provas no circuito mundial das maratonas, pertencendo assim ao calendário oficial da IAAF; as 5 estrelas pela Associação Europeia de Atletismo, marca "Quality Road Race", que garante que a prova tem "um nível elevado de segurança pessoal e patrimonial e serviços de alta qualidade"; e, agora, também faz parte das Wanda Age Group World Major Marathons.


Daí que o lote de atletas de elite seja cada vez mais valorizado. Entre os favoritos à vitória estão quenianos e etíopes, mas Tiago Teixeira destacou também o espanhol Martin Fiz, que vai tentar bater o recorde do mundo na maratona no seu escalão. Entre os países de origem dos inscritos destacam-se França (753 inscritos), Espanha (527), Brasil (230), Alemanha (179), Reino Unido (160) e Bélgica (107), mas há participantes confirmados das mais diversas geografias, como a Nova Zelândia, a Austrália, o Canadá, os Estados Unidos da América, Israel, Japão, Coreia do Sul, México, Bolívia, Guatemala, Honduras, Cabo Verde e Moçambique.


No final da conferência de imprensa, o diretor geral da Runporto, Jorge Teixeira, homenageou a campeã europeia, mundial e olímpica Fernanda Ribeiro, especialista nos 5.000, 10.000 e maratona, pela sua carreira de sucesso.


A 16ª edição da EDP Maratona do Porto realiza-se a 3 de novembro e tem partida marcada para as 9 horas junto ao Sealife Porto e chegada no Queimódromo (Parque da Cidade do Porto). A competição, que originará alguns condicionamentos de trânsito, inclui a prova principal (42 km), a corrida solidária de 15 km (Family Race) e a caminhada de 6 km (Fan Race), esta sem fins competitivos e aberta a todos os escalões etários. 


Refira-se que a zona do Castelo do Queijo é palco de treinos oficiais para a competição, no próximo sábado, dia 26, a partir das 9,30 horas.


+info: 16.ª EDP Maratona do Porto