Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Durante uma semana há folclore pela cidade
21-07-2017

A partir de domingo, a Invicta acolhe o Festival Internacional de Folclore da Cidade do Porto, que vai trazer grupos musicais de oito países. Já este sábado, nos Jardins do Palácio as danças são "made in" Portugal.


De 23 a 30 de julho, a Invicta acolhe o Festival Internacional de Folclore da Cidade do Porto, que vai trazer grupos musicais de oito países, num total de 250 participantes. Durante oito dias, as formações vão atuar em locais como a Estação de Metro da Trindade, a Quinta de São Romão, o Centro Social da Sé ou a Praça de Gomes Teixeira.


O ponto alto do programa serão as duas noites de atuações na "Praça dos Leões", a 28 e 29 de julho, a partir das 21,30 horas. Na primeira noite apresentam-se grupos de Portugal, Brasil, Chipre e Hungria. Na segunda, é a vez dos representantes de Polónia, Índia, República Checa e Panamá mostrarem as suas danças.


A 29 de julho, todos os participantes vão percorrer algumas ruas da cidade, num desfile que terá início às 15 horas, com partida na Praça da Batalha.


Organizado pelo Rancho Folclórico de Paranhos, o evento conta com o apoio da Câmara do Porto.


Programa disponível aqui.


Sábado há Festival de Folclore nos Jardins do Palácio de Cristal


Já este sábado, os Jardins do Palácio de Cristal acolhem o IX Festival de Folclore Dr. Pedro Homem de Mello que vai juntar três grupos portugueses. A Concha Acústica foi o palco escolhido para este festival.


Entre as 15,30 e as 18,30 horas, três grupos de folclore vão dar a conhecer a etnografia portuguesa, representando danças, trajes e cantares de várias zonas do país. Participam nesta edição o Grupo de Folclore da Escola Secundária Infante D. Henrique (Porto), o Grupo de Folclore de Cantas e Cramois (Cinfães) e Grupo Folclórico de S. Martinho do Campo (Santo Tirso).


A iniciativa é organizada pelo Grupo de Folclore da Escola Secundária Infante D. Henrique e conta com o apoio municipal e tem entrada livre.