Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Dois estúdios portugueses entre os premiados e um enorme elogio ao Porto na cerimónia dos ED Awards
28-05-2017
Dois estúdios portugueses foram ontem premiados na cerimónia dos ED Awards, os prémios europeus de design que foram entregues pela primeira vez em Portugal. Nenhum ganhou ouro nas respetivas categorias, mas Demetrios Fakinos, o diretor da organização, no encerramento da cerimónia que decorreu no Rivoli, apontou o Porto como a cidade que, até agora, melhor acolheu e ajudou na organização do evento.



Perante uma plateia repleta de designers, diretores de estúdios, responsáveis por marcas e estudantes, entregaram-se os prémios mais importantes do design europeu, com a White Studio (que em 2015 foi premiada como "Best of Show" com a marca Porto. em Istambul) e a Burocratik, a serem as duas galardoadas portuguesas.

"Musgo Real", na categoria de embalagem, e "Avery Dennison Label Collection", na categoria de miscelânea, foram os dois trabalhos da White Studio a receberem prémios de prata e bronze, respetivamente. "Storytrail, let the story be your guide", da Burocratik, foi o outro trabalho nacional a receber prata, na categoria digital.

Os grandes vencedores da noite vieram da Holanda e de Inglaterra. A holandesa Silo, foi considerada Agência do Ano, por ter sido a que mais prémios arrecadou nas verias categorias e a britânica Smorgasbord recebeu o prémio mais ambicionado de Best Of Show, com "Wales Nation Brand: CYMRU Wales Sans".

O evento foi considerado um enorme sucesso. Além da cerimónia que teve lugar ao final da tarde, já antes o Auditório Manoel de Oliveira tinha estado praticamente cheio durante toda a tarde, sobretudo por estudantes, que assistiram à Master Conference, onde se discutiu e se mostrou as últimas tendências do design.

Ao longo da semana, tinham já decorrido no Porto workshops, passeios e visitas aos estúdios de design da cidade e há precisamente um mês aconteceu na ESAD e na Faculdade de Belas Artes uma conferencia de preparação do chamado ED Festival, que acompanha a cerimónia de entrega de prémios.

Também no edifício dos correios houve e continua a haver muito design. Destinado aos visitantes e participantes na cerimónia, esteve patente uma exposição dos 10 anos de ED Festival, com os melhores trabalhos premiados ao longo de uma década, e no piso 7 do mesmo edifício, foi pré-exibida a exposição Design by Porto, Porto by Design, que terça-feira será inaugurada.

Esta exposição, que congrega o melhor do trabalho realizado por designers portuenses ao serviço da Câmara do Porto nos últimos quatro anos, foi, desta forma, uma enorme e importante montra, uma vez que foi vista por centenas de designers estrangeiros que, nestes dias, vieram até ao Porto para assistir à cerimónia e para receber prémios.

"Quero agradecer à cidade do Porto, ao presidente da Câmara e às pessoas que o ajudam, porque em dez edições de ED Awards nunca tive o apoio que senti desta vez", disse, em palco, o grego Demetrios Fakinos que está à frente da organização internacional e que, ao início da tarde, assistiu ao anúncio de que o Porto e Matosinhos vão realizar uma bienal internacional de design, cuja primeira edição terá lugar em 2019.

Esta foi também a edição do ED Awards que mais candidaturas recebeu, desde a sua criação, em 2007. CONHEÇA AQUI OS VENCEDORES.