Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Diogo Brito "contra" Nouvel
30-01-2015

Diogo Brito tem 31 anos, é portuense e um dos finalistas ao prémio "Building of the Year 2015", da ArchDaily. O jovem arquiteto vai concorrer contra o conceituado arquiteto francês Jean Nouvel, prémio Prizker 2008.


Jean Nouvel esteve presente no festival Fórum do Futuro, realizado no ano passado, no Porto. Um evento internacional, organizado pela Câmara Municipal e que trouxe à cidade os maiores nomes da área como Siza Vieira, entre outras personalidades ligadas às artes, ciências e humanidades.


"DM2 Housing" é o nome do projeto que Diogo Brito leva aoo "Building of The Year 2015", um edifício reabilitado do século XX, na baixa do Porto, feita para a Critério Atento. "Se tivesse de escolher um projeto que não o meu seria o de Jean Nouvel, na Austrália, que me parece interessantíssimo", expressou Diogo Brito ao Diário de Notícias.


Na lista final ao prémio da ArchDaily concorrem ainda o brasileiro Marcio Kogan, o belga Julien de Smedt e os holandeses Winy Maas, Jacob van Rijs, Nathalie de Vries, da MVRDV.


De regresso ao Porto - anteriormente trabalhou no consagrado ateliê da iraniana Zaha Hadid (Pritzker em 2004), em Londres -, Diogo Brito criou o seu próprio negócio, o OODA (Oporto Office for Design and Architecture), numa parceria com Rodrigo Vilas-Boas, que trabalhou com Álvaro Leite Siza e Rem Koolhaas/OMA em Roterdão, e Francisco Lencastre, que trabalhou no ateliê Menos é Mais (Guedes+DeCampos).


Licenciado pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Lusíada do Porto, Diogo Brito pode ser o vencedor do prémio Building of the Year 2015 da ArchDaily, uma eleição realizada online até 5 de fevereiro.