Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Dia Mundial da Fotografia assinalado com desafios para todos os públicos
18-08-2017

Fotografar o Porto a horas "impróprias", ser turista na própria cidade, fazer um retrato de família e participar numa oficina de smartphone são os desafios do Instituto Português de Fotografia para este fim-de-semana. O objetivo é celebrar o Dia Mundial da Fotografia que se assinala este sábado, 19 de agosto. Por isso, se é entusiasta, pegue na câmara e prepare-se para uma "romaria" fotográfica, que começa esta madrugada (5 da manhã) com o objetivo de fotografar a alvorada no Porto.


O dia 19 de agosto de 1839 acordou com uma notícia: o governo de França anunciou, oficialmente, a invenção da fotografia: um presente "grátis para o mundo". O autor da proeza foi Louis Daguerre, um físico, pintor, cenógrafo e inventor francês que inventou o daguerreótipo, um processo fotográfico desenvolvido em 1837. Uma estória que mudou o mundo e que inspirou a instituição do Dia Mundial da Fotografia.


Para celebrar o dia e a arte de fotografar, o Instituto Português de Fotografia (IPF) propõe um conjunto de atividades para entusiastas da fotografia (famílias incluídas) que têm como palco a cidade do Porto.

 

Fotografia noturna | 18 de agosto (sexta-feira)


As atividades começam ainda antes da meia-noite para mostrar como a luz é o elemento central da arte de fotografar, mas e quando ela é escassa? Nesta oficina vão ser partilhados segredos e dicas para obter as melhores imagens, com técnicas úteis e essenciais para captar a magia noturna da cidade. Primeira dica: levar o tripé. O ponto de encontro está marcado nas instalações do IPF do Porto (Rua da Vitória, 129), às 20 horas. O término da atividade está previsto para a meia-noite. Há 15 vagas disponíveis.

 

Fotografar o amanhecer | 19 de agosto (sábado)


O por do sol é talvez dos assuntos mais fotografados, porém, quando o dia nasce, a sua luz tão singular e a experiência em si tornam-se, sem dúvida, igualmente impressionantes. É por isso que os fotógrafos acordam tantas vezes de madrugada para captar esses momentos. Para madrugadores e noctívagos esforçados, apaixonados por fotografia em geral, esta atividade será a melhor forma de celebrar a data e a sua paixão, criando belas imagens da aurora. O ponto de encontro está marcado para as 5 horas da manhã, nas instalações do IPF no Porto. O fecho da atividade está previsto para as 9 horas. Há 30 vagas disponíveis.

 

Ser turista na própria cidade | 19 de agosto (sábado)


Todos os dias passamos pelos mesmos lugares, vemos as mesmas coisas e já conhecemos os monumentos e locais mais típicos da cidade, sem prestar a devida atenção ou tempo. Nós usamos muito o olhar, mas poucas vezes vemos, realmente. Esta atividade propõe uma visita a esses mesmos lugares, com um renovado ponto de vista e um conceito deveras interessante: ser turista na própria cidade. O ponto de encontro está marcado às 17 horas nas instalações do IPF no Porto. O término está previsto para as 21 horas, havendo 12 vagas disponíveis.

 

Retrato de família | 19 de agosto (sábado)


Celebrar a fotografia através de um retrato de família, parece-lhe bem? O IFP propõe fotografar famílias, numa experiência divertida, de modo a deixar uma recordação especial. Os participantes recebem o retrato que irá acompanhar a família para todo o sempre. As instalações do IPF do Porto serão o palco desta atividade, no horário compreendido entre as 10 e as 14 horas.

 

Oficina de smartphone | 19 de agosto (sábado)


A democratização da fotografia aconteceu de diversas formas e, uma delas, foi com o aparecimento dos smartphones e câmeras incorporadas. A organização quer ensinar como tirar melhor partido de cada clique: a melhor composição, dicas de iluminação, como editar e tratar imagens através de aplicações, conferindo um toque mais profissional para cada imagem criada. A oficina vai decorrer nas instalações do IPF do Porto, no horário compreendido entre as 14 e as 17 horas. Há 15 vagas disponíveis.

 

Cinco atividades que têm um custo simbólico de 5 euros, um valor que pode ser descontado em eventuais formações no Instituto Português de Fotografia. O IFP, com quase meio século de atividade, é a mais antiga e prestigiada instituição ligada à área em Portugal, sendo reconhecida pela excelência do ensino da fotografia, mas também pelos programas que desenvolve em termos culturais.


No Dia Mundial da Fotografia, o Instituto Português de Fotografia oferece 20% de desconto no preço de todos os workshops do IPF e Curso de Fotografia Digital (Lisboa e Porto), calendarizados até ao final de 2017, bem como o valor da inscrição no Curso Profissional de Fotografia e no Curso Avançado de Fotografia. As ofertas são válidas para inscrições realizadas durante o dia de sábado (19 de agosto).

 

Fotografia nasceu há 178 anos


A 19 de agosto de 1839 o governo francês anunciou, oficialmente, a invenção da fotografia. Desde a Grécia Antiga já existem relatos sobre "câmaras escuras" e reproduções de imagens, porém, só em 1839 foi apresentado um sistema de captação de imagem permanente, devidamente aprimorado e oficializado.


A celebração da data como Dia Mundial da Fotografia tem origem no anúncio oficial da invenção do daguerreótipo (daguerreotype), um processo fotográfico desenvolvido por Louis-Jacques-Mandé Daguerre alguns anos antes, em 1837.


+Info: Inscrições nas atividades e outras informações disponíveis no site do Instituto Português de Fotografia