Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Dia Internacional dos Arquivos comemorado com homenagem aos 40 anos do Arquivo Histórico da cidade
09-06-2020

Preservar e permitir o acesso à memória herdada, bem como contribuir para a criação de uma memória futura são algumas das mais-valias dos arquivos.


No ano em que se comemora o 40.º aniversário da criação da Divisão do Arquivo Histórico, a Câmara Municipal do Porto assinala o Dia Internacional dos Arquivos, que se celebra hoje, com uma homenagem a todos aqueles que, ao longo de vários séculos, tornaram possível a partilha da informação que nasce diariamente na autarquia e, consequentemente, contar a história da instituição e a marca que esta deixou na cidade. 


Para isso, foi criado um conjunto de cinco vídeos que permite ao público ficar a conhecer os bastidores do Arquivo Histórico do município através das várias etapas do tratamento da documentação em arquivo.

Os vídeos em questão encontram-se divididos por uma introdução e quatro fases representativas do trabalho, sendo estas: semear, que nos arquivos corresponde à fase da recolha; regar, que diz respeito à fase do tratamento físico dos documentos; fertilizar, que corresponde à fase do tratamento intelectual dos documentos; e, por fim, colher e partilhar, que nos arquivos corresponde à fase de divulgação e difusão.

Através de uma viagem pelo tempo, será ainda relembrado o determinante papel de Manuel Luís Real, o primeiro chefe de divisão, que ao longo de mais de 30 anos esteve à frente do arquivo da autarquia, deixando um vasto legado.

A série de audiovisuais procura ainda homenagear os gestores de informação e todos aqueles que abraçaram esta missão no desempenho das suas tarefas, contribuindo para a promoção das técnicas de registo, instalação, autenticação e preservação de documentos, bem como para os ensinamentos e divulgação na administração, conferindo ao arquivo um lugar único.

Relembramos que o Arquivo Municipal do Porto, situado na Casa do Infante, já se encontra de portas abertas, podendo ser visitado presencialmente mediante marcação prévia e com lotação limitada. Além disso, pode ainda consultar o vasto acervo documental digitalizado através da sua plataforma online, uma boa oportunidade para ficar a conhecer mais sobre a história e evolução da cidade ao longo dos séculos.