Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Dez municípios do Norte candidatam Caminho Português de Santiago a património mundial
21-09-2016

Dez municípios do Norte, entre os quais o Porto, querem elevar os Caminhos de Santiago a património mundial. Até 2018 vão investir cerca de 1,6 milhões de euros na valorização do Caminho Português da Costa a Santiago. A assinatura do termo de aceitação da candidatura "Valorização dos Caminhos de Santiago - Caminho Português da Costa", financiada em 85 por cento por fundos do Programa Operacional Regional do Norte 2014-2020 aos fundos do Norte 2020, decorreu em Viana do Castelo.

 

Além daquela classificação, já atribuída ao Caminho Francês (em território Espanhol) em 1993, os dez concelhos pretendem ainda "promover a classificação deste percurso de peregrinação como Itinerário Cultural Europeu", também já atribuído ao Caminho francês em 1987.

 

A classificação do Caminho português da costa como Itinerário Cultural Europeu será iniciada a partir de julho de 2018 após a conclusão, em julho de 2018, do investimento de 1,6 milhões de euros da candidatura a aplicar desde "a Sé do Porto até à ponte centenária em Valença". A candidatura junta os municípios do Porto, Matosinhos, Maia, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Esposende, Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira e Valença, foi elaborada entre abril e junho desde ano e vai começar a ser implementada a partir de outubro com um prazo de execução de um ano e meio.

 

O município do Porto, para além do envolvimento nas ações a levar a cabo pelo conjunto dos municípios, nomeadamente a criação de um website, publicações, instalação de equipamento de sinalética e iniciativas de animação cultural, procederá à recuperação da Capela de Nossa Senhora das Verdades, na zona da Sé, atualmente encerrada ao público. Para além da salvaguarda do património, esta intervenção permitirá a instalação na capela de um Centro de Acolhimento de Peregrinos, onde será disponibilizada informação a todos os que fazem do Porto um dos pontos da sua peregrinação a Santiago de Compostela.