Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Dá Voz à Letra leva 10 jovens à final
05-02-2016

Realiza-se no próximo dia 13 de fevereiro, pelas 18 horas, a final da edição de 2015 do concurso "Dá Voz à Letra". Os dez finalistas apresentam-se ao júri, no Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett.

 

A edição de 2015 do concurso recebeu cerca de 400 candidaturas. O processo de seleção desenrolou-se em quatro fases, até se chegar à semifinal com dez concorrentes. Destes, serão escolhidos três pelo júri, constituído por Catarina Furtado, Pedro Lamares e Valter Hugo Mãe. O primeiro classificado receberá uma viagem a Londres para duas pessoas, o segundo e terceiro classificados serão presenteados com um Ipad com seis e-books incluídos.


O espetáculo terá encenação de Carlos Pimenta, orientação de voz de Teresa Lima, música ao vivo de Ricardo Pinto e desenho digital em tempo real de António Jorge Gonçalves. A ideia original do "Dá Voz à Letra" e a seleção de textos é da responsabilidade de Helena Vasconcelos.

  

Estes dez concorrentes têm a oportunidade de conviver intimamente com a Literatura Portuguesa, através de textos especialmente escolhidos para o espetáculo final. Para além disso, irão trabalhar com profissionais experientes, que os guiarão e incentivarão na perfeita compreensão e apreensão das palavras, do seu ritmo, da sua musicalidade e do seu profundo significado.


Face ao sucesso verificado em 2015, a Área Metropolitana do Porto irá realizar também a edição de 2016. De relembrar que o projeto é destinado a jovens dos 13 aos 17 anos, das escolas públicas e privadas da Área Metropolitana do Porto, que se candidatam individualmente ao lugar de melhor leitor (a) em voz alta. O "Dá Voz à Letra" pretende dar relevo a faculdades que não são tão cultivadas no meio escolar, como o estar e falar em público, o ser capaz de construir - através de um texto - uma personagem, dando vida diferente às palavras através da interpretação e oralidade.

 

O concurso "Dá Voz à Letra" foi, em 2015, realizado pela primeira vez, na Área Metropolitana do Porto. A iniciativa é da Fundação Calouste Gulbenkian, através do Programa Gulbenkian de Língua e Cultura Portuguesas, que tem como parceiros a Porto Editora e a Câmara do Porto.