Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Cultura em Expansão apresenta teatro e dança com acesso livre
08-07-2019
O Cultura em Expansão leva novos espetáculos de teatro e dança ao Bonfim, à Pasteleira e a Campanhã, no próximo fim de semana.

Na sexta-feira, 12 de julho, Sara Barros Leitão apresenta "Todos os dias me sujo de coisas eternas", na Casa d'Artes do Bonfim, às 21,30 horas. O "micro-espetáculo-de-percurso", desenvolvido especificamente para o Cultura em Expansão, resulta de um trabalho de pesquisa e criação sobre a toponímia da cidade do Porto, onde o público será encaminhado pela Casa d'Artes do Bonfim e envolvido nas várias histórias sobre as ruas da cidade, os seus mitos urbanos e as narrativas das pessoas que as habitaram e habitam.

O espetáculo tem uma lotação limitada a 50 pessoas e não é aconselhável a pessoas com mobilidade reduzida ou dificuldade de locomoção.

No sábado, pelas 11 horas, o TEP - Teatro Experimental do Porto leva a terceira e última apresentação de "Manda os Teus Pais Passear" à Associação de Moradores do Bairro Social da Pasteleira Previdência/Torres. Desenvolvido num trabalho de proximidade com associações locais, onde foram criados diferentes itinerários de descoberta, o espetáculo é uma proposta de exploração de territórios da cidade pensada para crianças. Propõe-se às famílias que, através de um mapa e um conjunto de instruções, realizem diferentes percursos pelo local, recolham e colecionem objetos, imagens, cheiros ou histórias, e nessa interação reflitam sobre a cidade, o território e os outros.

Também no sábado, mas às 21,30 horas, o Auditório da Junta de Freguesia de Campanhã recebe o espetáculo "Uma Não História", de Victor Hugo Pontes. Trata-se de um projeto de continuidade, construído em capítulos e desenvolvido a solo, mas que contou também com a intervenção de artistas convidados. O coreógrafo apresenta em Campanhã dois desses capítulos: o primeiro, criado em 2015 e intitulado "#when i'm laid in earth", teve a participação de Joana Craveiro, Marco da Silva Ferreira e Elisabete Magalhães, e trabalha a noção de abandono partindo do Lamento de Dido (última ária da ópera Dido e Eneias de Henry Purcell); no segundo, "#happiness", de 2018, a felicidade é a ideia forte que inspira o espetáculo, declinada pelo músico Hélder Gonçalves, pelo bailarino Valter Fernandes e pelo criador de moda Aleksandar Protic.

O Cultura em Expansão regressará em setembro a vários espaços da cidade com uma nova edição do "Espírito do Lugar", da Circolando; o concerto de Primeira Dama; "Quando Quebra Queima", da ColetivA Ocupação, em parceria com o MEXE - Encontro Internacional de Arte e Comunidade; e os espetáculos de Joana Providência, Joana Castro, Lígia Soares e Miguel Loureiro.

A programação completa do Cultura em Expansão 2019 pode ser descarregada AQUI e acompanhada na página oficial no facebook.