Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Critical Software e BMW vão instalar-se no centro da cidade e empregar mais 500 quadros especializados
01-07-2019

A bem-sucedida joint venture da portuguesa Critical Software com a BMW no desenvolvimento de tecnologia de ponta para o setor automóvel, prepara-se para dar novo salto na cidade do Porto. A Critical TechWorks, assim se designa a empresa que resulta desta aliança, está instalada no Campo Alegre desde setembro do ano passado e vai mudar-se para o Edifício dos Correios, para onde quer contratar mais 500 colaboradores até 2020. A visita às obras decorreu na tarde desta segunda-feira.


Talentos portugueses e estrangeiros vão convergir para a cidade e fazer parte da task force que está a colocar o Porto no mapa da indústria automóvel mundial, com a produção de um software pioneiro que será utilizado a bordo dos carros da conhecida marca alemã.

Atualmente, os espaços repartidos entre a Praça da Galiza e a Rua do Campo Alegre já se tornam exíguos para os planos que a Critical TechWorks traçou. E, após os CTT terem "vagado" o Edifício dos Correios, próximo da Câmara do Porto, surgiu uma oportunidade única para ali instalar o novo escritório, que terá uma área de 5.000 metros quadrados, adianta o Jornal de Negócios.

A "confiança" e "apoio" das autoridades locais foi de resto destacada esta tarde por Rui Cordeiro, CEO da Critical TechWorks e por Nicolas Peter, em representação da BMW, durante uma visita às obras, em que marcou presença o Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, o Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, o Presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, o chairman da Critical Software, Gonçalo Quadros, o diretor financeiro da Critical TechWorks, Paulo Guedes, entre outras personalidades.

Impulsionada pela dinâmica da cidade e pela excelência dos recursos humanos que aqui encontrou, a Critical Software, tecnológica portuguesa com escritórios no Reino Unido, Alemanha e EUA, fixou-se no Porto em 2017, tendo sido a responsável pela chegada à cidade da gigante do setor automóvel BMW no ano passado.

A expansão do negócio no Porto, com a instalação do novo centro de operações na Baixa da cidade, tem associada uma nova vaga de contratações de quadros especializados, cerca de meio milhar até ao próximo ano.