Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Apoios do Criatório foram aprovados por unanimidade em reunião de câmara
04-06-2019
Os apoios para a 3.ª edição do Criatório foram aprovados por unanimidade em reunião de Câmara, nesta manhã, e contemplam 16 novos projetos de criação artística.

A cada um dos projetos apoiados será atribuída uma bolsa no valor de 15 mil euros, que permitirá o seu desenvolvimento na cidade durante um período mínimo de seis meses e máximo de 12.

O júri da edição deste ano do Criatório - Diogo Costa Amarante (realizador, investigador e docente na Escola das Artes da Universidade Católica do Porto), Jonathan Saldanha (construtor sonoro e cénico e fundador da plataforma de arte SOOPA), Miguel Magalhães (diretor da delegação da Fundação Calouste Gulbenkian em França), Susana Lourenço Marques (designer e professora na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto) e Susana Menezes (diretora artística do LU.CA Teatro Luís de Camões) - analisou 164 candidaturas admitidas a concurso nas áreas de Artes visuais e curadoria, Artes performativas e programação, Composição, programação e performance musical e Literatura e ensaio crítico.

Os 16 projetos desenvolvidos no Porto serão apresentados até ao final de 2020: "Uma Família Inglesa 2019", da mala voadora; "Boeing Nº 737-800 em Fá ? menor", de Gonçalo Lamas; "XX: Ateneu: XXI", do Ateneu Comercial do Porto; "(In)Consciência sob um estado de amnésia", de Carla Filipe; "Heart Frostbite", de João Marçal; "Estudos Coreográficos para um Percussionista", de Miquel Bernat; "O figo que prometeste", de Joana Gama; "Materialidades Sónicas: Do som como objecto arqueológico", de Andreia Santana e Marta Espiridião; "Found Tapes" Porto, 2004-2019 / 15 anos de memórias magnéticas nas ruas do Porto", de Pedro Augusto; "Vibra", de João Pedro Coimbra; "In Trux We Pux: Recolha fonográfica de música experimental e improvisada no Porto", da Divisão Nómada - Associação; "Unforeseen: mysticism and predictive technologies", de Joana Pestana e Mariana Sameiro; "The State We're In", de José Pedro Cortes; "Residência literária na cidade do Porto para produção do livro de contos: "Tuas chaves já não servem mais" ", de Filme H. Alencar; "Um Jardim à Noite", de Tiago Madaleno; e "Sismógrafo", da Sismógrafo/ Salto no Vazio Associação Cultural.

O Criatório é um programa municipal de financiamento que tem como principais objetivos contribuir para a consolidação da atividade de artistas e agentes culturais provenientes de múltiplas disciplinas artísticas, os quais podem encontrar no Porto um contexto propício ao desenvolvimento da sua prática profissional. É um dos projetos integrantes da Pláka, plataforma que consubstancia a política municipal do Porto para apoio à prática artística contemporânea na cidade.