Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Corrida
28-01-2015
Colin Jackson é tri-campeão mundial e vai estar na Invicta para participar na apresentação oficial da corrida mundial "Wings For Life Run", da qual é diretor desportivo.

O Porto será este ano uma das 35 cidades do mundo a integrar, em 2015. o mapa da única corrida global da história do desporto, que se realiza dia 3 de maio. A apresentação oficial da edição de 2015 terá lugar esta quinta-feira, dia 29, às 10h30, na Câmara Municipal do Porto. 

 

Para além do presidente da Câmara Municipal, Rui Moreira, a sessão contará com as presenças do diretor desportivo internacional da Wings for Life World Run e tri-campeão mundial de atletismo, Colin Jackson, e do presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, Jorge Vieira, entre outras personalidades.

 

Este será o momento para conhecer todos os pormenores da edição portuguesa da "Wings for Life World Run", com especial destaque para o percurso que terá como ponto de partida a cidade do Porto.

 

Em maio passado, Portugal foi um dos países fundadores desta grande corrente solidária que juntou 50.110 participantes dos seis continentes, numa competição que atravessou seis fusos horários e teve partida simultânea em 33 países, sob as mais díspares condições climatéricas e de luz.

 

Com um conceito totalmente inovador, esta é uma corrida sem distância fixa e onde as metas foram abolidas para dar lugar a um formato onde cada um define o seu objetivo, sujeitando-se depois à velocidade de um carro meta que parte 30 minutos após o pelotão.

 

Quando a última corredora e o último corredor são alcançados, estão encontrados os vencedores da corrida local. A nível global, ganha aquele que completar a maior distância. Em 2014, essa proeza pertenceu ao etíope Lemawork Ketema e à noruega Elise Molvik, que percorreram, respetivamente, 78,58 km e 54,78 km.

 

E porque a vertente solidária é também uma das missões prioritárias deste evento, o valor das inscrições reverte integralmente para a Fundação Wings for Life, que desde 2004 se dedica a angariar fundos que permitam encontrar uma cura definitiva para as lesões na espinal-medula, um problema que afeta mais de três milhões de pessoas em todo o mundo.

 

Em 2014, a Wings for Life World Run permitiu angariar, entre taxas de inscrição, patrocínios e doações, mais de três milhões de euros que estão já a ser aplicados em projetos de investigação da espinal-medula em todo o mundo.