Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Corrida do Dragão juntou atletas e candidatos a desportistas em causa solidária com a infância
09-09-2019
Uma prova de corrida de 10 quilómetros e uma marcha solidária de cinco quilómetros levaram para as ruas da cidade, durante a manhã de domingo, uma multidão de atletas, candidatos a desportistas e apoiantes das causas de solidariedade com a infância.

O pretexto era a Corrida do Dragão, cuja segunda edição conquistou um número recorde de 1985 participantes, divididos pela prova principal de 10 km e uma caminhada solidária de 5 km, a favor da Associação Finais Felizes. Trata-se de uma instituição da cidade do Porto que apoia crianças com autismo e com necessidade de intervenção precoce e intensiva, tendo a iniciativa sido apadrinhada por Vítor Baía e Cecília Pedroto. 

A enorme mancha azul com que a prova começou, pelas 10 horas, arrancou da Avenida de Fernão de Magalhães, junto à sede da Tertúlia do Dragão, e evoluiu depois em direção à Praça das Flores, seguindo para o Jardim da Corujeira, Rua da Constituição, Praça do Marquês, Avenida dos Combatentes e Praça Velázquez, sempre com o Estádio do Dragão no horizonte.

Apesar de a vertente competitiva ser a menos importante, José Sousa e Carla Martinho foram os atletas que inscreverem o seu nome no álbum de ouro da segunda edição da Corrida do Dragão, organizada uma vez mais pela Global Sport e Tertúlia do Dragão com o apoio do Futebol Clube do Porto e da Câmara do Porto.

As classificações estão disponíveis na íntegra AQUI.