Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Corrida de São Silvestre juntou 16 mil participantes
30-12-2017

Os atletas do Sporting Rui Pedro Silva e Salomé Rocha venceram esta tarde a 24.ª São Silvestre do Porto, evento que somou 16 mil participantes. Só na corrida de 10 km foram onze mil os atletas de dezenas de países. Na caminhada de 5 km participaram cinco mil pessoas. Ou seja, uma edição de sucesso.


Quando o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, deu o tiro de partida, Rui Pedro Silva foi ao encontro da sua oitava vitória da São Silvestre do Porto. Venceu pelo segundo ano consecutivo e acabou mesmo por fazer a sua melhor marca de sempre na prova: 29.56 minutos. Chegou à meta 35 segundos antes do segundo classificado, André Pereira, do Benfica, que correu os 10 quilómetros em 30.32. Daniel Gregório, do Centro de Atletismo de Seia, ficou em terceiro com o tempo de 30.34.

"A cada ano que passa começa a ser mais complicado, mas hoje desde o primeiro momento senti-me muito bem. Fui a comandar praticamente desde o início. O mais complicado é a última parte quando saímos do túnel [de Ceuta] e já temos nove quilómetros nas pernas. Mas quando se vê a meta, ganha-se força", disse aos jornalistas Rui Pedro Silva.

A prova "mítica" e um povo "acolhedor"

O atleta descreveu esta prova como "mítica" e apontou que "é aquela que todos os atletas querem vencer", referindo que já venceu outras São Silvestres "especiais" como a de Lisboa, Amadora e Funchal, mas conquistar 10 São Silvestres na cidade portuense é, admitiu, "um objetivo".

Já Salomé Rocha - que fez a prova em 34.35 minutos, à frente de Cristiana Valente, do Recreio Desportivo de Águeda (35.28), e de Vanessa Carvalho, do Sporting de Braga (35.47) - destacou o "carinho do povo do Norte" numa prova "difícil", mas na qual se sente "em casa".
"O objetivo era ganhar, mas todos querem ganhar. Foi uma prova difícil, mas é uma prova linda. Tivemos o povo do Porto e do Norte a apoiar-nos durante a prova toda. É um público muito carinhoso", disse a corredora do clube lisboeta.

Estiveram representadas na São Silvestre do Porto 37 nacionalidades. Os atletas masculinos mais experientes em prova foram Pacheco Lopes e Félix Dias com 82 anos, enquanto a mulher mais velha a participar, Maria Pinto, tem 71 anos. Ou seja, grandes exemplos.

"É um sucesso. Esta é uma prova diferente. Já estamos a pensar nas bodas de prata no próximo ano. Esta é uma prova destinada a atletas portugueses e daí que seja especial", disse Jorge Teixeira da RunPorto, citado pela Lusa.


Muita animação, grande desportivismo e puro convívio foram, uma vez mais, ingredientes em doses generosas numa corrida que conhece bem as ruas do Porto. A prova partiu e acabou nos Aliados, onde milhares foram ficando para assistir ao concerto da noite (22,30 horas) que marca o início do programa de Passagem de Ano.

CLASSIFICAÇÕES

Masculinos:
1. Rui Pedro Silva (Sporting), 29.56 minutos.
2. André Pereira (Benfica), 30.32.
3. Daniel Gregório (Centro de Atletismo de Seia), 30.34.
4. Hélder Santos (Sporting), 30.57.
5. Carlos Rodrigues (Maia), 31.02.
6. José Moreira (Sporting), 31.06.
7. Daniel Pinheiro (Águias de Alvelos), 31.13.
8. Paulo Barbosa (Maia), 31.27.
9. Bruno Jesus (Maia), 31.34.
10. Bruno Moniz (ADRAP), 31.37.

Femininos:
1. Salomé Rocha (Sporting), 34.35 minutos.
2. Cristiana Valente (Recreio Desportivo de Águeda), 35.28.
3. Vanessa Carvalho (Sporting de Braga), 35.47.
4. Justynas Wojcik (ADS S. João da Serra), 37.44.
5. Carla Machado (Várzea), 38.02.
6. Francisca Borges (Sporting), 38.27.
7. Andreia Cunha (Figueiredos Runners and Friends), 38.55
8. Ana Luísa Ramos (individual), 39.13.
9. Sara Duarte (Sporting), 39.32.
10. Sandra Cruz (Recreio Desportivo de Águeda), 40.27.