Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Corrida de S. Silvestre é seguida de concerto na Avenida dos Aliados
22-12-2017
Perspetiva-se um recorde de participantes na mítica corrida de S. Silvestre do Porto, que no dia 30 de dezembro, sábado, promete juntar cerca de 15 mil participantes, entre provas de corrida e caminhada. O evento, que começa e encerra na Avenida dos Aliados, chega à 24.ª edição maior e com novidades. Este ano há um concerto no final, um verdadeiro "warm-up" para a noite de Passagem de Ano. 

A S. Silvestre Cidade do Porto Liberty Seguros vai reunir atletas de 34 nacionalidades, vindos de quatro continentes. Na emblemática corrida de 10 km são aguardados 10 mil participantes; na caminhada de 5 km, sem fins competitivos, esperam-se cinco mil.

A prova inicia-se às 18 horas e é certo que vai haver uma "luta renhidíssima na linha da frente", conforme destacou em conferência de imprensa, na quinta-feira, Jorge Teixeira, responsável da RunPorto, entidade organizadora do evento.
O destaque vai para atletas como Rui Pedro Silva (Sporting C. P.), vencedor da edição passada e de mais sete edições da S. Silvestre do Porto, entre 2009 e 2014; Daniel Pinheiro (Águias de Alvelos) e Salomé Rocha (Sporting C. P.), segundos classificados na EDP Maratona do Porto no passado dia 5 de novembro; José Moreira (Sporting C. P.), Miguel Ribeiro (Olímpico Vianense) Rui Muga (C. A. Mogadouro), Hélder Santos (Sporting C. P.), Paulo Gomes (G. D. C. Guilhovai) e André Pereira (Benfica F. C.).

Jorge Teixeira não tem dúvidas que vai ser, mais uma vez, "um grande evento, com milhares e milhares de pessoas a ver". Esta é, aliás, uma das características que torna esta corrida "diferente de todas as outras": o facto de ter muito público. "É bonito de ver a extraordinária festa que é para a cidade e para Portugal".

Precisamente por haver um contexto especial, este ano associa-se ao desporto a música. "Temos um warm-up da noite de Passagem de Ano", com o grupo de soul e funk HMB a atuar nos Aliados cerca das 22,30 horas, após a prova de atletismo - destacou Nuno Lemos, administrador da empresa municipal PortoLazer.
Com um concerto "muito interessante", numa "lógica de simbiose entre eventos desportivos e musicais" e no cenário da Baixa iluminada para a quadra festiva, deseja-se proporcionar "momentos agradáveis e de convivência de todos", salientou este responsável.

A exemplo de todos os grandes eventos que se realizam na cidade, a S. Silvestre será acompanhada por medidas de segurança e um plano de mobilidade. Há a assinalar condicionamentos de trânsito quer para a realização da prova quer para a livre circulação do público, razão por que se recomenda a quem quiser juntar-se ao evento a opção pelo uso dos transportes coletivos.