Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Correspondências entre Sophia e Jorge de Sena chegam à Galeria Municipal
10-10-2017
Sophia de Mello Breyner Andresen e a sua relação com Jorge de Sena inspiram uma proposta diferente da Galeria Municipal do Porto para a tarde e a noite do próximo sábado, com um debate e projeção de filme documental.

Integrada no programa do serviço educativo da Galeria Municipal, a iniciativa tem como ponto principal a exibição de "Correspondências", um documentário de 145 minutos realizado no ano passado por Rita Azevedo Gomes.
O filme foi inspirado nas cartas trocadas entre Sophia de Mello Breyner Andresen e Jorge de Sena durante o exílio deste no Brasil e nos EUA, de 1959 até 1978. (pode ver aqui o trailer de "Correspondências")

Antecedida por um debate com as Professoras de Literatura Fátima Freitas Morna, Maria Andresen de Sousa Tavares (filha de Sophia) e Rosa Maria Martelo, sob moderação de Ana Luísa Amaral e com início às 21 horas, a exibição do documentário tem lugar no Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett (Palácio de Cristal), com acesso livre.

Esta sessão decorre no âmbito da exposição "Quatro Elementos", que está patente na Galeria Municipal e assenta na preponderância da natureza sobre o universo poético de Sophia de Mello Breyner Andresen.
Aliás, na tarde de sábado, pelas 16 horas, o serviço educativo promove uma visita comentada à exposição por Ana Luísa Amaral, que é também a curadora responsável pelo elemento "Água".

Eduarda Neves ("Terra), Pedro Faro ("Fogo") e Nuno Faria ("Ar") são os outros curadores de "Quatro Elementos", onde se reúnem obras de artistas, escritores e outros pensadores nacionais e estrangeiros, como Aki Nagasaka, Douglas Gordon, Felix Gonzalez-Torres, James Baldwin, João Pedro Vale & Nuno Alexandre Ferreira, Júlio Pomar, Julius Eastman, Mariana Caló e Francisco Queimadela, Martha Rosler, Salomé Lamas, Sophia de Mello Breyner Andresen e Vasco Araújo.

A exposição, de entrada livre, pode ser visitada até 12 de novembro de terça-feira a sábado, entre as 10 e 18 horas, e aos domingos entre as 14 e as 18 horas.