Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Há histórias para descobrir e contar no "coreto em festa" do jardim do Marquês
01-09-2017

Desde quinta-feira que muitas mãos estão empenhadas em transformar o coreto do jardim do Marquês de Pombal num livro aberto, relembrando os tempos da antiga Biblioteca Pedro Ivo, que atualmente é um café. Até domingo, vai haver histórias para contar e descobrir transpostas em muitas artes e expostas no coreto daquele jardim emblemático da cidade.


O jardim do Marquês, que se situa na Praça Marquês de Pombal, data dos princípios do séc. XIX e encontra-se no antigo Largo da Aguardente. Foi remodelado sucessivas vezes, tendo a última dessas intervenções coincidido com a construção da estação de metro homónima, mas continua a preservar alguns traços românticos das suas origens, como é exemplo o coreto de ferro.


Ao lado do coreto, há um pequeno edifício da autoria do arquiteto Bernardino Basto Fabião, onde, entre 1948 e 2001, funcionou a Biblioteca Popular Pedro Ivo. Iniciado a 17 de agosto, a iniciativa municipal "Coretos em festa" propõe a redescoberta dos coretos existentes na cidade através de oficinas temáticas inspiradas na história/identidade do lugar intervencionado. Abertos à participação de todos os públicos (maiores de três anos), os ateliês decorrem nas tardes de quinta-feira a domingo, em sessões de duas horas de acesso livre. No domingo, inaugura-se a intervenção realizada com um fim de tarde dançante dinamizado pelo HOP Dance Studio.

 

+Info: CORETO DO JARDIM DO MARQUÊS


Oficinas: 31 de agosto, 1 e 2 de setembro, das 16 às 18 horas

Inauguração + fim de tarde dançante: 3 de setembro, entre as 19 e as 21 horas

Inscrição: coretosemfesta@gmail