Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Controlo fitossanitário de árvores avança em Paranhos
07-02-2019
A Câmara do Porto tem em curso uma operação de controlo do estado fitossanitário das árvores na Rua do Dr. Manuel Pereira da Silva, em Paranhos, articulada com a requalificação do passeio daquela artéria.

A ação partiu das avaliações periódicas realizadas nos últimos anos às árvores daquela rua, adjacente ao Cemitério de Paranhos, as quais detetaram sinais de debilidade fitossanitária de que resultam uma irremediável fragilidade e um potencial perigo para as pessoas e bens.

Assim, e visando assegurar condições de segurança, os serviços municipais procedem por estes dias ao inevitável abate de quatro árvores da espécie Tilia cordata que não era possível recuperar, procedendo também à requalificação do espaço. A escala e especificidade dos trabalhos, tendo em conta o porte e a localização dos exemplares, têm algum impacto sobre a utilização do espaço, tanto em termos de passagem pedonal como de circulação viária.

Resultando em melhores condições de segurança para peões e veículos, a operação, que tem finalização prevista para esta sexta-feira, insere-se no plano de vigilância permanente do arvoredo municipal e sua valorização, o qual está articulado com a estratégia de aumento da quantidade e da qualidade das árvores na cidade. Um dos exemplos é o programa FUN Porto - Florestas Urbanas Nativas do Porto, lançado pelo Município no início de 2015 e que promove, em várias frentes, a expansão destas florestas na cidade.

Além disso, o FUN Porto, que envolve ativamente os munícipes na criação de uma robusta infraestrutura verde na cidade, entronca por sua vez no FUTURO, projeto de nível metropolitano que apontava para a plantação de 100 mil árvores até 2021, mas que ultrapassou esse número no final do ano passado.