Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Congresso mundial de calçado reúne no Porto meio milhar de profissionais
14-05-2018
Cerca de 500 profissionais de 33 países participam no 20.º Congresso da União Internacional de Técnicos da Indústria do Calçado (UITIC), que esta semana se realiza no Porto. "Da moda à fábrica: uma nova era tecnológica" é o tema do encontro de dois dias, quinta e sexta-feira, precedido de visitas a indústrias da região.

Organizado pela Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos (APICCAPS) e pelo Centro Tecnológico do Calçado de Portugal (CTCP), este é o maior evento técnico do setor.

De acordo com Leandro de Melo, diretor-geral do CTCP, Portugal hoje distingue-se "pela produção de calçado de enorme qualidade, mesmo nos domínios de produto de cariz mais técnico, e pelo serviço exemplar, respondendo mais rapidamente do que os nossos concorrentes internacionais".

Também o criador Luís Onofre, presidente da APICCAPS, considera a realização do "mais relevante congresso mundial" desta indústria em Portugal como "sinónimo do prestígio internacional que o setor conquistou no passado recente".

"Novos produtos e novos serviços ligados às necessidades dos consumidores", "Desenvolvimento inteligente e produção", "Sustentabilidade, transparência da cadeia de abastecimento e tendências regulatórias que afetam as fábricas" e "Fábricas centradas no homem e novas formas de gestão" são alguns dos painéis de reflexão.

Segundo a organização, o congresso reunirá especialistas de todo o mundo que desempenham papéis importantes no mercado mundial de calçado, como universidades, entidades do sistema científico e tecnológico, marcas, retalhistas, fabricantes de componentes e empresas especializadas no desenvolvimento de tecnologias de ponta.

Para Françoise Nicolas, secretária geral da UITIC, a iniciativa "será uma ótima oportunidade para conhecer especialistas relevantes das principais áreas de produção de calçado, ter informações detalhadas sobre o estado das inovações disponíveis e familiarizar-se com as principais orientações tecnológicas para o setor de calçado".

O congresso propriamente dito arranca na quinta-feira, num hotel do Porto, mas a partir de hoje os participantes visitam "mais de uma dezena de empresas portuguesas de referência".