Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Congresso junta municípios europeus com pontes metálicas de grande arco
21-06-2018
Candidatar as cinco pontes metálicas de grande arco da Europa a Património Mundial da Humanidade é o objetivo que une Porto, Vila Nova de Gaia e municípios da Alemanha, França e Itália. No âmbito do processo transnacional, realiza-se nesta sexta-feira, no Mercado Ferreira Borges, o II World Heritage Congress - Steel Bridges of Large Arch.

Porto e Gaia, coorganizadoras do encontro, surgem nesta candidatura com as pontes Maria Pia (1877) e Luiz I (1886). A elas se juntam outras três estruturas monumentais dos finais do século XIX, as pontes de Garabit (1884, Ruynes-en-Margeride, França), San Michele (1889, Paderno d'Adda, Itália) e Mungsten (1897, Solingen, Alemanha).

O extraordinário legado de Gustave Eiffel, as travessias sobre o Douro que fazem a história local até à atualidade ou a importância patrimonial das pontes metálicas de grande arco, justificando a classificação mundial, são pontos do programa.

A preparação de uma candidatura comum e europeia das cinco pontes motivou, em outubro de 2017, um primeiro congresso na cidade de Solingen. Desde então, as câmaras do Porto e de Vila Nova de Gaia trabalham de forma concertada numa estratégia que contempla não só esta candidatura transfronteiriça, como também a apresentação da proposta à UNESCO para alargamento da zona classificada como Porto Património Mundial, com vista ao englobamento da Ponte Maria Pia.