Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Congresso internacional reflete sobre políticas sexuais e relações de poder
22-03-2017
"Intersexualidades - cruzando corpos, cruzando fronteiras" é o tema do congresso internacional que começa nesta quinta-feira, no Porto, reunindo participantes de diversas áreas, nomeadamente investigadores e académicos. Destaca-se uma videoconferência especial com a intelectual Hélène Cixous.

O evento desenrola-se ao longo de três dias, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e na Fundação de Serralves, com o objetivo de promover uma reflexão crítica sobre corpos, políticas sexuais e relações de poder, num espaço transnacional alargado, a partir das perspetivas fornecidas pelas teorias contemporâneas sobre género, sexo e sexualidades.

Organizado pelo Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa, em parceria com a Fundação de Serralves e a Câmara do Porto, as conferências e mesas-redondas abordarão os modos como a literatura, as artes e as ciências, à margem das várias instâncias de normatividade, permitem questionar, desconstruir e re-imaginar identidades - de género, sexuais, étnicas e raciais, nacionais e transnacionais, etc. - e éticas próprias, desafiando dessa forma a hierarquização e as catalogações desenvolvidas no mundo ocidental.

Este congresso está especialmente interessado em acolher abordagens interdisciplinares que, partindo dos Estudos Feministas, dos Estudos de Género e da Teoria Queer, em articulação com áreas de saber, como a Medicina, a Psicologia, a História, a Filosofia, a Sociologia, a Antropologia, o Direito, a Física Teórica, ou outras áreas científicas, abram um espaço que privilegie a discussão em torno das políticas de inclusão e da ideia de comunidades (sociais, literárias e científicas) no século XXI.

Do programa, destaca-se a conferência e entrevista em vídeo da ensaísta, dramaturga, poetisa e crítica literária francesa Hélène Cixous, que decorrerá às 18,30 horas de quinta-feira, em Serralves. Trata-se de um documento único que cruza o poético e o político, convidando à reflexão e à re-ação.

As conferências e debates continuam sexta e sábado. A sessão plenária final está marcada para as 17,30 horas de sábado, em Serralves, com a intervenção de João Ramalho-Santos (do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra) acerca d'"A Biologia do Sexo: Definições, paradigmas, fronteiras, equívocos (e como subverter tudo isto)", sob moderação da Professora Isabel Pires de Lima (UP).

O V Congresso Internacional Intersexualidades encerra com o "Recital Leituras a Vozes Várias: Revisitando Novas Cartas Portuguesas" e Álvaro Teixeira Lopes ao piano.

Programa detalhado aqui.