Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Concerto de homenagem a Paulo Cunha e Silva levou centenas à Casa da Música
25-03-2019
A Casa da Música acolheu neste sábado um concerto da Orquestra Sinfónica do Porto no âmbito da homenagem da Universidade do Porto a Paulo Cunha e Silva (1962-2015), antigo professor daquela instituição, um dos programadores do Porto 2001 - Capital Europeia da Cultura e vereador da Cultura da Câmara do Porto entre 2013 e 2015.

Intitulado "DoReMi", o concerto teve a direção do compositor e maestro húngaro Peter Eötvös e foi acompanhado pela solista espanhola Leticia Moreno. A atuação incluiu, na segunda parte, uma 'suite' de "O Mandarim Maravilhoso", de Béla Bartók (1881-1945).

Recorde-se que Paulo Cunha e Silva foi designado Figura Eminente da U.Porto em 2019. O tributo ao legado da obra do também médico, pensador e professor catedrático, integra ainda um ciclo de conferências e a publicação de artigos científicos inéditos ao longo deste ano.

O programa de homenagem, que contempla 16 momentos e o lançamento de um livro com textos inéditos, foi batizado de "Caosar", inspirado numa afirmação de Paulo Cunha e Silva que dizia ser "o caos é a mais bela assinatura do mundo".