Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Concerto de Ano Novo abriu a "temporada" musical dos Aliados
02-01-2019
A Avenida dos Aliados voltou a encher-se para o já tradicional Concerto de Ano Novo, na tarde do primeiro dia de 2019.

A Banda Sinfónica Portuguesa abriu, ontem à tarde, o novo ano de acontecimentos públicos de acesso livre que os Aliados vão receber, dando sequência a um fenómeno que vem aumentando de intensidade e de participação nos últimos anos.

Depois dos recentes espetáculos de Diogo Piçarra, a 29 de dezembro, e de Pedro Abrunhosa, que bateu recordes de mais de 200 000 pessoas na Avenida para a passagem de ano, foi a vez de a música clássica marcar também lugar e atrair novas multidões à "sala de visitas" da cidade, cuja programação é cada vez mais eclética.

Sob a direção do seu maestro titular, Francisco Ferreira, a Banda Sinfónica Portuguesa interpretou desta vez "Cuban Ouverture", de George Gershwin, "Interlúdio para Banda", de Jorge Campos, "Quadros portugueses", de Fernando Lapa, "Sax Choro", de Hudson Nogueira, "SQEE" (arranjo baseado na canção "Sei quem ele é"), de José Silva Martins, "Suite of Old American Dances", de R. Russell Bennett, e "Marcha Concertante", de Joaquim Luís Gomes.