Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Começa hoje a funcionar a videoteca digital AVA da Biblioteca Almeida Garrett
21-06-2018

A Biblioteca Municipal Almeida Garrett (BMAG) disponibiliza a partir de hoje o visionamento de 11 longas metragens e de 12 curtas. É o arranque do serviço AVA - Audiovisual Access Agency, um projeto europeu de videotecas digitais com postos de acesso em streaming e gratuitos.


A exibição no grande ecrã do Auditório da BMAG do filme "Todas as Cartas de Rimbaud", com a presença e comentários do próprio realizador Edmundo Cordeiro, assinalou ao final do dia de ontem a chegada do serviço europeu AVA de video on demand a Portugal.


"É uma história de amor entre o Edmundo [Cordeiro] e o pensamento de Filomena Molder", comentou sobre o filme Cíntia Gil, diretora do Doclisboa e da APORDOC (Associação pelo Documentário), momentos antes de assinar com a diretora municipal de Cultura e Ciência da Câmara do Porto, Mónica Guerreiro, o protocolo que formalizou o lançamento deste serviço.


"Todas as Cartas de Rimbaud", que teve estreia mundial no DocLisboa'17 e que o Rivoli exibiu em janeiro passado, é um dos 21 filmes documentais que estão a partir de agora disponíveis na BMAG, através de dois postos informáticos. A par desses permanentes, outros filmes irão entrando e saindo do catálogo, que visa satisfazer públicos de diferentes grupos etários e diferentes níveis escolares, como explicou Cíntia Gil.


"A BMAG já tem tradição de cinema e do encontro entre as realidades das bibliotecas e dos festivais de cinema", recordou por seu lado Mónica Guerreiro, sublinhando que essa relação é agora alargada a um âmbito internacional e vai aprofundar a estratégia de "desenvolver novos públicos e atraí-los à biblioteca também para ver cinema". Ou seja, segue a filosofia do AVA que passa por levar o cinema às bibliotecas, dotando-as de novas oportunidades para os leitores e buscando novos públicos e formas de ver e distribuir cinema.


Criado no ano passado através de uma plataforma de divulgação de festivais de cinema, o projeto AVA teve início com sete festivais de curtas-metragens europeus, sob a coordenação do Reelport. Já neste ano, o convite foi alargado a quatro certames de documentário: Doclisboa, Jihlava, Beldocs e Sheffield.


O lançamento do AVA em Portugal insere-se também no âmbito do trabalho de Projeto Educativo e Serviço Público que o Doclisboa desenvolve de forma continuada durante o ano, para além do Festival Internacional de Cinema que realiza todos os anos em outubro.




A videoteca digital AVA está disponível na BMAG de terça-feira a sábado entre as 10 e as 18 horas e à segunda-feira entre as 14 e as 18 horas.


Catálogo de filmes permanentes


Todas as Cartas de Rimbaud

Edmundo Cordeiro / 2017 / Portugal / 59'

Na sua sala de estudo, Maria Filomena Molder retira da estante um pequeno caderno de fina capa preta de cartolina envernizada: nele, copiou à mão as cartas de Rimbaud.


Chjami è rispondi

Axel Salvatori-Sinz / 2017 / Franca / 76'

O realizador regressa a aldeia corsa de Cateri, dez anos apos a sua última visita, para confrontar o pai, num duelo ao sol.


End of Life

John Bruce, Pawe? Wojtasik / 2017 / EUA, Grecia / 93'

John Bruce e Pawe? Wojtasik passaram quatro anos e registaram centenas de horas de

interação com cinco pessoas em fases diferentes do processo de morte.


Espadim

Diogo Pereira / 2017 / Portugal, Bosnia e Herzegovina / 62'

O filme acompanha um fragmento da vida quotidiana de três homens que coexistem entre a casa e o trabalho.


I Don't Belong Here

Paulo Abreu / 2017 / Portugal / 75'

O filme regista o processo criativo da peça com o mesmo título, concebida a partir das

experiências pessoais dos próprios intérpretes que, oriundos dos EUA e do Canada, são

inesperadamente deportados para os Açores.


Martírio

Vincent Carelli / 2017 / Brasil / 162'

A grande marcha de reconquista dos territórios sagrados dos guarani kaiowa, desde o

nascimento do movimento na década de 1980: a insurgência pacífica e obstinada dos

despossuídos frente ao poderoso aparato do agronegócio.


O Canto do Ossobó

Silas Tiny / 2017 / Portugal / 99'

"Rio do Ouro e Agua-Ize foram das maiores roças de produção de cacau em São Tome e Príncipe durante o período colonial português. Milhares foram marcados pelo trabalho forçado equiparado a escravatura. Regresso ao meu país para encontrar os vestígios desse passado" - Silas Tiny


Spell Reel

Filipa Céesar / 2017 / Alemanha, Portugal, França, Guiné-Bissau / 96'

Um arquivo de material audiovisual em Bissau. À beira da ruína completa, as imagens

testemunham o nascimento do cinema guineense enquanto parte da visão descolonizadora de Amílcar Cabral, o líder da libertação assassinado em 1973.


The Koro of Bakoro, the Survivors of Faso

Simplice Herman Ganou / 2017 / França, Burquina Faso / 78'

Polo vagueia por Ouagadougou desde criança. Aos 29 anos, é o mais velho de um grupo que vive de biscates e de se drogar. Agreste imersão numa realidade tão dura quanto o asfalto em falta nas ruas, o filme é, acima de tudo, um olhar a partir de dentro.


Dom Fradique

Nathalie Mansoux / 2017 / Portugal, Franca / 40'

Lugar de passagem para o turista a caminho do Castelo de São Jorge, Dom Fradique já foi um pátio popular onde viveram cerca de 60 famílias. Hoje em dia, só restam as ruínas das suas casas.


Oumoun

Fairuz e El Moiz Ghammam / 2017 / Bélgica, Tunísia / 15'

"Querida avó, ficarás surpreendida por ouvir a minha voz na tua língua?" - primeiras palavras de uma carta falada gravada, nunca enviada, mas reproduzida em voz alta e tempo real pela cineasta de Bruxelas à sua avó na Tunísia.


Why is Difficult to Make Films in Kurdistan

Ebru Avci / 2017 / Turquia / 26'

Uma rapariga curda procura convencer a sua família tradicional a deixá-la estudar cinema enquanto filma a vida quotidiana conjunta.


Entre o Céu e o Mar

Giuliane Maciel / 2017 / Portugal / 13'

O filme nasce da necessidade de respostas, da busca da realizadora pelas suas origens junto de memórias e de antigas cassetes filmadas por si e pelos seus pais.


Jacarépaguá

Maria Ganem / 2017 / Portugal / 6'

O cineasta francês Alain Cavalier visita uma casa suburbana no Rio de Janeiro, nos anos de 1980, e interroga-se sobre os benefícios da chegada da câmara portátil ao cinema.


John 746

Ana Vijdea / 2017 / Roménia, Portugal, EUA / 34'

Numa sala repleta de todo o tipo de objetos, um homem passa o tempo a pintar um remake mural de Guernica, de Picasso, a dar livros e a cuidar do cão. Numa derradeira tentativa de chegar ao público, inventa um plano: a destruição da Arte.


Lemons

Srinivas Reddy Sanikommu / 2017 / Portugal / 12'

Uma rapariga e a sua amiga tentam roubar limões do pomar da igreja, o que leva a uma inesperada conversa íntima sobre religião e liberdade pessoal. As discussões inspiram uma demanda de reconquista da sua autonomia de uma instituição religiosa.


Medronho Todos os Dias

Sílvia Coelho, Paulo Raposo / 2017 / Portugal / 53'

Destiladores de Monchique revelam os saberes ancestrais da colheita e destilação da

aguardente de medronho, numa meditação sobre duração e tempo.


Norley and Norlen

Flávio Ferreira / 2017 / Cuba, Portugal, Espanha / 8'

A linguagem silenciosa de dois irmãos, a intimidade física, a diferença através da igualdade. Norley e Norlen são gémeos. Umas vezes lutam? e outras vezes não.


O Descanso na Intensidade das Cores

Francisca Marvão, Tatiana Saavedra /2017/ Portugal / 22'

A vida e uma viagem vertiginosa. O quotidiano das gentes de Sapanta acompanha essa viagem, da morte ao nascimento, das cores ao seu descanso.


Pesar

Madalena Rebelo / 2017/ Portugal / 4'

Numa visita à última casa que os seus pais partilharam enquanto casal, uma jovem cria o imaginário de um universo que nunca presenciou.


Quando o Dia Acaba

Pedro Gonçalves / 2017 / Portugal / 15'

O retrato de uma família homoparental. Marta e Mariana são casadas e vivem com dois filhos e um dálmata. Como é que o amor entre estas pessoas se pode materializar em pequenos gestos?