Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Combate à praga do escaravelho
07-09-2015

O escaravelho vermelho, que tem destruído palmeiras em vários pontos do país, atacou exemplares na Quinta Villar d'Allen, uma propriedade privada, classificada como imóvel de interesse público, situada na freguesia de Campanhã, no Porto.


A Câmara do Porto leva amanhã à reunião do Executivo uma proposta para incluir, na sua ação contra a praga do escaravelho-vermelho, esta propriedade, num tratamento a aplicar neste ano e no próximo, que custará perto de quatro mil euros.


Atualmente, a autarquia gasta cerca de 22 mil euros anuais para "para assegurar a realização do tratamento preventivo nos exemplares do Passeio Alegre e Avenida D. Carlos I, verificando-se já a necessidade de expandir os mesmos a outras unidades arborizadas (Praça da República, Praça dos Leões, cemitérios) ", pode ler-se na proposta.


O documento acrescenta que a Quinta Villar d'Allen possui "um dos primeiros jardins com traços paisagistas em Portugal, fortalecido pelas ligações anglo-saxónicas", e que a "riqueza e raridade das espécies botânicas" dos seus jardins pesaram na atribuição da classificação do conjunto como Imóvel de Interesse Público, num documento assinado pelo vereador do Ambiente, Filipe Araújo.


A Quinta Villar d'Allen está na família Allen desde 1839, tendo conservado o jardim "à francesa" mandado construir pelos anteriores proprietários, a família Simões, e acrescentando jardins românticos, lagos, cascatas artificiais e várias espécies exóticas. O espaço, aberto a visitas, tem ainda várias estátuas atribuídas a Nicolau Nasoni.