Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Cidade já se prepara para os Concertos na Avenida
04-09-2017

Setembro começou bem, com Red Bull Air Race a chamar multidões e a Feira do Livro do Porto (até dia 17, em edição de homenagem a Sophia de Mello Breyner Andresen), e vai continuar em bom ritmo, já no próximo fim de semana, com o regresso dos Concertos na Avenida. Nas noites de sexta-feira e sábado (dias 8 e 9), Câmara e Casa da Música convidam toda a população a viver nos Aliados um programa que passeia entre o rock e o repertório sinfónico.


Na sexta-feira, Mão Morta e Remix Ensemble Casa da Música juntam-se em palco para celebrar um projeto de fusão que fez já sucesso em digressão nacional.


A discografia de uma das bandas mais icónicas do circuito alternativo do rock português será revisitada em arranjos originais de Telmo Marques. Temas mais antigos como "Facas em Sangue", "Berlim" e "Destilo ódio", ou os mais recentes "Pássaros a esvoaçar", "Tiago Capitão" e "Hipnose de Suicídio", são reinterpretados de forma surpreendente, sem que a sua identidade seja beliscada. Mais do que um desfilar de repertório feito, o espetáculo, com direção de Pedro Neves, surge como "uma viagem pelos universos sugestivos da lírica de Adolfo Luxúria Canibal" a que o Remix Ensemble atribui roupagens musicais inesperadas.


Já no sábado, a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música apresenta um programa composto por êxitos memoráveis da música sinfónica. Sob a direção de Baldur Brönnimann, um corpo de intérpretes virtuosos recria, na Avenida dos Aliados, épocas e cenários retidos na memória coletiva que se descobrem ao longo de uma dezena de temas.


A alegria do can-can ou o tema épico da Guerra das Estrelas, trechos imediatamente reconhecidos da ópera italiana ou do bailado O Quebra-Nozes, musicais da Broadway ou o velho jazz, ritmos latinos ou a dança de Joly Braga Santos prometem fazer um espetáculo memorável.


Obviamente, os Concertos na Avenida são propostas de acesso livre.