Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Ciclo do Objeto e seus Discursos reabre no Centro Interpretativo dos Caminhos do Romântico
13-09-2019
É a partir de uma maqueta da zona ocidental do Porto que o ciclo Um Objeto e seus Discursos por Semana regressa pelas 18 horas deste sábado, após a interrupção de verão, tomando como tema os Caminhos do Romântico.

Instalado na Casa Tait, logo abaixo do Palácio de Cristal e paredes meias com o Museu Romântico, o Centro de Interpretação dos Caminhos do Romântico tem como missão dar a conhecer e servir de arranque para os três percursos que integram os Caminhos do Romântico - Porto do Romantismo; Arqueologia Rural e Industrial; A Fábrica de Massarelos e o Prestígio da Burguesia.

Em cada um destes percursos pedonais, é sintetizada a essência de uma das épocas mais interessantes da história da cidade, permitindo aprender e descobrir um pouco mais o que era o Porto de Oitocentos: o Porto romântico e burguês, rural e industrial.

Através da Maqueta da Zona Ocidental do Porto, concebida especificamente para o Centro de Interpretação dos Caminhos do Romântico, o historiador de arte Hugo Barreira e a arquiteta Graça Nieto, que coordenou o projeto dos Caminhos do Romântico, falam na sessão acerca deste Porto cheio de contrastes.

O acesso é gratuito, mas limitado à lotação do espaço.


//
Centro de Interpretação dos Caminhos do Romântico