Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Ciclo de novos talentos apresenta no Rivoli concerto de violino por Joana Weffort e Inês Pais
21-01-2020

As jovens violinistas Joana Weffort e Inês Pais dão um concerto no Rivoli, na tarde do próximo sábado, dia 25, no âmbito do ciclo musical de novos talentos que é uma parceria com o Curso de Música Silva Monteiro.


Com bilhetes a preço único de 5 euros, vai decorrer no Pequeno Auditório e tem início marcado para as 17 horas.


Joana Weffort estuda com Augusto e Alexandra Trindade na Escola Superior de Artes Aplicadas. Tocou a solo com a Orquestra Sinfónica do Conservatório Nacional, Orquestra do Estágio de Direção Instrumental da ESART e com Ensemble da Orquestra Filarmónica Portuguesa. Realizou masterclasses com Barbara Doll, Eszter Haffner, Peter Stark, Andrey Baranov e Mayuko Kamio. É convidada da Orquestra Filarmónica Portuguesa e tocou com a The World Orchestra. Participou no projeto "Side by Side" com a Royal Concertgebouw Orchestra e com a Orquestra Gulbenkian. Foi concertino da Orquestra Académica Filarmónica Portuguesa, Estágio Gulbenkian para Orquestra e Orquestra Sinfónica ESART. Trabalhou com maestros como Semyon Bychkov, Jean-Sébastien Béreau, Peter Stark, Lorenzo Viotti, Osvaldo Ferreira, Julien Benichou, Tobias Gossmann, Joana Carneiro, Josep Vicent e Dietrich Paredes.


Inês Pais estuda na Escola Superior de Artes Aplicadas, na classe dos professores Augusto e Alexandra Trindade. Frequentou masterclasses com Eszter Haffner, Bárbara Doll, Pavel Myliukov e Mayuko Kamio. Foi agraciada com o 1.º prémio no Concurso Internacional Paços' Premium e 2.º prémio no Concurso Internacional Cidade do Fundão. Tocou sob a direção de Alexander Chernushenko, Nazanin Aghakhani, Osvaldo Ferreira, Jean-Sébastien Béreau e Peter Stark. Participou no Festival Aurora Fine Arts na Suécia (2017), International Festival Vara Magica (2016) e Young Euro Classic, Berlim (2015). Foi membro da Orquestra de Jovens da União Europeia (2019), Orquestra Académica Filarmónica Portuguesa (2018), onde ocupou o lugar de Concertino, e Orquestra de Jovens do Mediterrâneo (2018) enquanto assistente de Concertino. Atualmente, é convidada da Orquestra Filarmónica Portuguesa.