Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Cavalos da GNR do Porto entram na conversa sobre a raça Puro-Sangue Lusitano
25-04-2018

A sessão do ciclo municipal Um Objeto e seus Discursos por Semana vai ter, no próximo sábado, cavalos a assistirem e a constituírem mesmo o foco da conversa entre um oficial da GNR muito ligado às provas equestres e um alto responsável pela raça Puro-Sangue Lusitano.


Crê-se que o cavalo lusitano é o descendente direto do domesticado cavalo ibérico, antepassado de todos os cavalos que estiveram na base da equitação em todo o mundo, desde a Europa ao Norte de África, à Ásia Menor, à Índia e à China.

Mercê do isolamento desta zona da Europa, aqui sobreviveu e evoluiu desde há cerca de 15 000 anos, praticamente isento de influências estranhas até há bem pouco tempo. Este cavalo, uma preciosa herança genética da Andaluzia e de Portugal, foi usado, pelo menos desde a Antiguidade Clássica, como melhorador desde a bacia do Mediterrâneo até às bacias dos mares Negro e Cáspio.

O lusitano expande-se e vem a sofrer, já nos séculos XIX e XX, diversas infusões de sangues estranhos, em consequência da necessidade de maior força de tração. Esse efeito veio a resultar-lhe em alterações significativas, retirando-lhe ligeireza.

Conhecer melhor tudo isso e muito mais sobre a história e as características do Cavalo Lusitano é a proposta do ciclo municipal que, no sábado 28 de abril, vai até às cavalariças da Guarda Nacional Republicana, no quartel do Carmo (Porto), aprender com o Capitão Tomé, chefe da Secção de Operações, Informações e Relações Públicas da Unidade de Segurança e Honras de Estado da GNR, e o engenheiro João Ralão Duarte, secretário-geral da APSL - Associação Portuguesa de Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano, secretário-técnico da Raça Lusitana e presidente da WAWE - Associação Mundial de Equitação de Trabalho.

Moderada por Alexandra Cerveira Lima, chefe da Divisão Municipal de Museus e Património Cultural, a sessão tem início pelas 18 horas, como habitualmente, e a participação tem um custo de 2 euros mediante aquisição de bilhete online ou nos locais habituais.

Mais informações em www.umobjetoeseusdiscursos.com

GNR - Comando Territorial do Porto
Rua do Carmo (entre a Praça dos Leões e o Hospital de Santo António)