Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Casa da Música recebe o verão com três concertos gratuitos no Dia da Criança
30-05-2018

Concertos de acesso gratuito assinalam, na sexta-feira, o Dia Mundial da Criança e o início da temporada de verão da Casa da Música que, ao longo de três meses, propõe mais de 150 eventos, entre os quais 65 de entrada livre.


"Os meus direitos" é, mais do que um concerto, um espetáculo que vai decorrer em modo contínuo na esplanada do edifício, entre as 10h00 e as 12h30 e entre as 14h00 e as 16h00, conferindo à celebração do Dia Mundial da Criança um caráter didático através de vários tipos de manifestação artística que, da música à magia, vão promover e sensibilizar para os direitos das crianças. Além disso, haverá um espaço para o público jovem deixar registada a sua opinião.

Também na sexta-feira, mas à noite, é apresentado o projeto brasileiro Criolina, do Maranhão, com um som pautado pela cultura da radiola ou sound system, misturando o afrobeat, o merengue, o tambor de crioula e toadas num pacote contemporâneo que utiliza beats electrónicos e ritmos globalizados como funk, rock, ska, entre outros.

Fica assim dado o arranque do ciclo "Verão na Casa 2018", cuja programação - revelada em conferência de imprensa pelo diretor artístico da Casa da Música, António Jorge Pacheco - cresce em relação à do ano passado e ultrapassará a centena e meia de eventos, sendo esperados "para cima dos 120 000 espectadores".

Logo no sábado, dia 2, realiza-se o concerto "Impulso de Bruckner" pela Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, dirigida por Leopold Hager, às 18h00, e no domingo à mesma hora é tempo de o Coro da Casa interpretar "Sol e Tempestade" que, sob a direção de Nicolas Fink, integra peças de Johannes Brahms, Florent Schmitt e Lili Boulanger.

Os concertos e eventos para todos os públicos, particularmente famílias e infância, multiplicam-se neste Verão na Casa, que propõe um programa para 20 pessoas que poderão experimentar dormir na Casa da Música, a 13 de julho, com o objetivo de conhecerem o espaço arquitetónico "além do óbvio" e apreciaram os milhares de instrumentos musicais.