Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Casa da Música inicia temporada de 2019 com Sinfonia do Novo Mundo
14-01-2019

O programa de 2019 da Casa da Música iniciou, na passada sexta-feira, com o concerto inaugural da temporada protagonizado pela Orquestra Sinfónica do Porto. O Presidente da República, o Presidente da Câmara do Porto e o Professor Valente de Oliveira foram algumas das personalidades que não quiseram perder a estreia do tema "Novo Mundo", que durante este ano vai levitar entre as músicas e sons do continente americano.


Sob a residência artística do compositor alemão Jorg Widmann, "Dar novos mundos ao Mundo" é o lema que vai nortear a programação da Casa da Música em 2019, após um ano dedicado à Áustria.


Com as Américas como pano de fundo, o primeiro concerto trouxe com ele a estreia do poema sinfónico do argentino Alberto Ginastera, "Popol Vuh, La Creación del Mundo Maya", uma composição musical que narra o nascimento da Terra e o despertar da natureza. E também ofertou o público com a obra do compositor checo Antonín Dvorák, denominada "Sinfonia n.º 9 do Novo Mundo", propondo uma viagem remota às canções que eram exorcizadas pelos escravos, mas também fazendo uma celebração à imensidão das paisagens americanas.


Antes mesmo do concerto iniciar, já após ter sido entoado o Hino Nacional, o Professor Valente de Oliveira, membro do Conselho de Fundadores da Casa da Música, agradeceu em nome da instituição a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o apoio institucional da Câmara do Porto, na figura de Rui Moreira. Salientou ainda o papel das diferentes formações que fazem parte da Casa da Música e o importante papel dos mecenas, que muito contribuem para a oferta de mais um ano de programação de excelência.


De 16 a 20 de janeiro, a festa continua com visitas guiadas, ensaios, workshops e concertos imersivos, na iniciativa Casa Aberta, e com o espetáculo "Américas", dia 18, para o qual está marcada a estreia de Orion, do canadiano Claude Vivier.