Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Cape Town junta-se à Rede Internacional de Capitais de Grandes Vinhedos de que o Porto é membro-fundador
27-05-2020
A Cidade do Cabo (Cape Town) e a região de Cape Winelands, situadas na província sulista da África do Sul, passam a integrar oficialmente a Rede Internacional de Capitais de Grandes Vinhedos (Great Wine Capitals), uma organização formada por cidades mundialmente reconhecidas pelos seus vinhos e regiões vinícolas e que tem por objetivo promover o enoturismo dessas regiões. A cidade do Porto integra a rede desde a sua fundação, há mais de 20 anos.

A Agência de Turismo, Negócios e Investimento de Cape Town tinha apresentado a candidatura da região ao projeto da Rede Internacional de Capitais de Grandes Vinhedos em 8 de maio deste ano, sendo que os seus membros votaram e aceitaram unanimemente a candidatura de Cape Town/Cape Winelands no início desta semana.

Esta região da África do Sul é constituída por dez rotas de vinhos que se estendem por toda a província.

O ministro das Finanças e das Oportunidades Económicas da África do Sul, David Maynier manifestou-se no site da Great Wine Capitals dizendo que "a inclusão de Cape Town e de Cape Winelands como membro da Rede Internacional de Capitais de Grandes Vinhedos reforça o facto de que esta região é comparável com o que de melhor existe no enoturismo a nível internacional. Continuaremos a trabalhar para manter os mais elevados padrões e estamos ansiosos por poder demonstrar esta região ao mundo, assim que pudermos abrir as portas aos visitantes".

Já o presidente da Great Wine Capitals, Jacques Faurens, anunciou desde Bordéus (França) estar "muito satisfeito por poder dar, uma vez mais, as boas vindas à belíssima Cidade do Cabo e às regiões vinícolas do Cabo Ocidental à nossa Rede. O seu vinho, história e a indústria do enoturismo estão ao mais alto nível e todos beneficiaremos com a partilha de conhecimento que resulta da sua adesão".

Esta Rede, fundada em 1999, é agora uma aliança de onze famosas regiões vinícolas: Adelaide (Austrália), Bilbao - Rioja (Espanha), Bordéus (França), Cidade do Cabo e Cabo Winelands (África do Sul), Lausanne (Suíça), Mainz - Rheinhessen (Alemanha), Mendoza (Argentina), Porto (Portugal), São Francisco - Napa Valley (EUA), Valparaiso - Casablanca Valley (Chile) e Verona (Itália).

O projeto impulsiona o desenvolvimento económico, académico e cultural em cada comunidade, através de intercâmbios e projetos conjuntos.

O Porto é membro-fundador e representa na Rede as regiões vitivinícolas do Douro e dos Vinhos Verdes, sendo que o Município do Porto representa oficialmente o Porto e suas regiões neste contexto.